Formula 1


Massa acusa: ‘Acho que Alonso tem grandes amigos entre os comissários’

ReproduçãoFelipe Massa

A ultrapassagem de Fernando Alonso sobre Felipe Massa durante o GP dos Estados Unidos, no último domingo, segue em discussão. O espanhol “forçou” para cima do brasileiro quando faltavam três voltas para o final na luta pela sexta colocação?

O bicampeão da Fórmula 1 não recebeu punição, e seu ex-companheiro de Ferrari não gostou. Massa diz que a manobra de Alonso foi agressiva e ironizou.

“Eu falei (com Alonso) já. Se você olhar na câmera de cima, a ultrapassagem parece incrível. Mas ele veio de longe. Ele simplesmente não conseguiu frear, e eu estava fazendo a curva. Se eu não estou lá, ele só passa reto”, afirmou o brasileiro em entrevista reproduzida pelo site Motosport da Corrida dos Campeões, evento que ele disputará em janeiro.

“Mesmo me batendo, ele saiu da pista. Eu nem sequer tentei fechar a linha. Ele estava muito atrás, não estava perto. Definitivamente, acho que ele tem grandes amigos entre os comissários, para ser honesto. A outra ultrapassagem que ele fez com Sainz, ele só freou tarde e saiu da pista também. Foram duas nas últimas três voltas da corrida. Eu não vejo por que não dar uma punição para ele”, disparou.

No último final de semana, a FIA pediu para os pilotos não se mexerem antes das curvas para defender sua posição. Por isso, voltou a criticar a manobra de Alonso.

“Com certeza, isso é o que todos os pilotos pedem nas reuniões. Nós precisamos entender as regras. A maioria dos pilotos entendem que mudar de direção durante a frenagem é algo que você não pode fazer. Mas aí você vê um piloto fazendo isso e nada acontece. Se nós pudéssemos nos mover, todo mundo iria se mover”.

“Todos os pilotos deram o seu parecer, que foi bastante semelhante para ser honesto. Espero que eles sigam as regras”, declarou o brasileiro, em seu último ano na F-1.

“São duas coisas diferentes: Fernando não se moveu na frenagem, ele apenas tentou ultrapassar de uma forma diferente. Ele estava tentando tudo o que dava nas últimas voltas. Eu não estou o culpando por isso, mas ele simplesmente mergulhou em mim e bateu no meu carro. Eu não estou dizendo que ele não pode tentar, mas ele também estava longe para fazer isso. Se eu não estivesse lá, ele não faria a curva. A manobra foi fora do limite”, concluiu Felipe Massa.

Fonte: ESPN

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>