Polícia


IML de Maceió registrada entrada de 11 corpos vítimas de violência

Todas as vítimas foram assassinadas por arma de fogo

Alagoas24horas/ArquivoIML Estácio de Lima

IML Estácio de Lima

Pelo menos 11 corpos deram entrada no Instituto Médico Legal de Maceió no intervalo das últimas 24 horas. Todos os corpos são de vítimas de violência, mortos por arma de fogo. O número corresponde aos crimes cometidos na capital, região metropolitana e zona da mata. os crimes cometidos no Agreste e no Sertão não entram na estatística.

Entre os corpos, os de Anderson Alves dos Santos, Bruno da Silva Campos, Leandro José da Silva e Aguinaldo José da Silva, mortos a tiros durante confronto com a polícia na madrugada e manhã de ontem na cidade de Joaquim Gomes.

Também deram entrada no Instituto os corpos de Maria Eduarda Bezerra Correia, de apenas 17 anos, morta a tiros no bairro do Clima Bom; e de Alexandre da Silva, de 39 anos, também vítima de arma de fogo no Cidade Universitária. Os dois crimes foram relatados ontem (16) e nas primeiras horas da manhã de hoje (17) pelo Alagoas 24 horas.

Esta agência de notícias também relatou o assassinato de um casal ocorrido na noite da quinta (16) no bairro da Ponta Grossa, em que um homem foi morto dentro de um carro com plotagem da FAF e uma mulher foi morta em seguida a poucos metros. Os corpos foram identificados como sendo de Jean Carlos Farias da Silva e Amisterlane Silva Paes Lima, de 20 anos. A Polícia Civil deve investigar se há conexão entre os crimes.

Outros quatro cadáveres deram entrada no IML de Maceió: Nilton Feliciano dos Santos, um garoto de apenas 12 anos, assassinado a tiros em Viçosa; Antônio Gabriel da Silva Filho, de 52, executado em Santana do Mundaú e Gutemberg Montenegro da Silva, de 19 anos, assassinado em Coruripe.

Relembre os casos:
Quatro morrem em confronto com a polícia em Joaquim Gomes; SSP não se manifesta
Adolescente é assassinada em residência no Clima Bom
Homem é morto com tiros nas costas e PC deve investigar o caso
Homem é morto em veículo e mulher é perseguida e morta em Maceió
Garoto de 12 anos, portador de deficiência mental é morto a tiros em Viçosa


1 Comentário

  • O governador RENAN FILHO,que é mais fraco do que caldo de ovo, e o coroné LIMA JÚNIOR, que é mais fraco do que caldo de salsicha, diz que a situação vai bem obrigado.
    Chega logo 2018…

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>