Polícia


Assassino confesso de cabeleireiro é encontrado com tiros no rosto na Lagoa

Cortesia ao Alagoas24horasCorpo seria de suspeito de matar o cabeleireiro Alvandir

Corpo seria de suspeito de matar o cabeleireiro Alvandir

O corpo de um jovem, identificado inicialmente como Diego, foi resgatado no final da manhã desta sexta, 17, na Lagoa Mundaú, próximo ao Papódromo. A vítima apresenta várias perfurações de arma de fogo no rosto. As primeiras informações dão conta que a vítima é, na verdade, o jovem Emerson Douglas Gatto,  18, apontado como autor do assassinato do cabeleireiro Cícero Alvandir de Morais, morto dentro da sua residência no bairro do Prado.

A identidade do jovem foi confirmada por familiares a policiais do 1º BPM. Emerson Douglas chegou a ser apreendido em setembro do ano passado, quando estava com 17 anos, mas foi liberado após 45 dias. Um novo depoimento estava agendado para a próxima semana. Segundo o pai do assassino confesso do cabeleireiro, ele havia saído de casa desde a última terça-feira, 17.

O crime

O corpo de Alvandir, que era muito conhecidona região, foi encontrado dentro da sua residência, onde também funcionava o salão. O crime teria sido praticado após o cabeleireiro se recusar a pagar R$ 200 por um programa sexual. Segundo a Polícia Civil, Diego teria matado o cabeleireiro sem a ajuda de ninguém.

Ainda segundo a polícia, o adolescente roubou um computador portátil, celular, tablet e uma quantia não especificada em dinheiro. Após o homicídio, o menor voltou normalmente à sua rotina com os pais, no bairro do Vergel, onde residia.


2Comentários

  • AÍ TÁ CERTO, A FAMOSA LEI DO RETORNO,MATOU EM QUE MORRER TAMBÉM, QUE APODREÇA NOS QUINTOS DOS INFERNOS PORQUE MERCADORIA BOA NÃO ERA E NÃO ACRESCENTAVA NADA A SOCIEDADE.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>