Polícia


Empresário carioca é sequestrado em São Miguel dos Milagres; família vem a AL

Redes sociaisEmpresário Henrique Meireles foi espancado e sequestrado em São Miguel dos Milagres

Empresário Henrique Meireles foi espancado e sequestrado em São Miguel dos Milagres

Um jovem empresário de 24 anos identificado como Henrique Ramos de Oliveira, conhecido como “Sapo”, está desaparecido há mais de 24 horas após ter tido a sua casa arrombada na madrugada dessa segunda-feira (10), em São Miguel dos Milagres, Litoral Norte do Estado.

Amigos e familiares do jovem estão em busca de pistas que levem até o mesmo. Henrique é carioca e estaria morando em Alagoas há menos de um ano, ele foi feito refém junto com um amigo, que terá a identidade preservada, por três homens armados que invadiram a residência.

O trio estava encapuzado e com calças militares, eles espancaram os dois jovens com tacos de sinuca e amarraram. Após as sucessivas agressões, o trio decidiu levar Henrique  Ramos de Oliveira além de um televisor e um videogame. “O nosso amigo disse que o trio entrou dizendo que era da polícia, aí amarraram os dois e levaram o Henrique. Até onde eu sei eles teriam dito que a tatuagem dele [uma cruz de São Bento] seria um símbolo de membros do PCC, o que nada tem a ver, era uma tatuagem comum que nós brincávamos dizendo que era uma ‘cruz de coroinha’”, diz a amiga Marília Albuquerque.

Ainda segundo a amiga, até o fato do roubo de apenas dois objetos de valor da casa já deixa amigos e familiares intrigados. “Henrique não tinha inimizades e o trio não era nada amador, acredito que eles tenham levado a TV e o videogame somente para despistar porque dentro da casa havia objetos de mais valor como um laptop”, revela a amiga.

Com o possível sequestro, já que até o momento nenhum dos sequestradores teria entrado em contato com os familiares, o caso foi levado para a Polícia Civil. Os pais de Henrique Ramos de Oliveira desembarcaram em Maceió, na manhã desta terça-feira (11). O jovem tinha um estabelecimento chamado de “Terra do Nunca Pub” que funcionava no mesmo local que foi invadido. Quem souber mais informações pode ligar para os números 98182-0420 (Marília) ou para a própria Delegacia de Polícia 3315-1929 (Seção Antissequestro).


Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>