Cultura


Cultura: Prefeitura vai lançar sete novos editais este ano

Ascom / FMACFachada da Fundação Municipal de Ação Cultural.

Fachada da Fundação Municipal de Ação Cultural.

A Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) vai lançar, este ano, sete novos editais que vão contemplar a comunidade cultural e empresários que atuam na produção de grandes eventos culturais.  Os editais, que serão publicados a partir de maio, vão garantir a execução de uma série de ações a partir de junho, quando a Fundação deve destinar R$ 474 mil aos arraiais dos bairros e às atrações musicais que vão participar do São João 2017.

Segundo o gestor da FMAC, Vinícius Palmeira, os editais serão lançados depois de um período intenso de trabalho e planejamento.  “Há algum tempo a gente vem trabalhando para liberar editais e licitações que devem trazer ações até o São João de 2018. Inicialmente, iremos destinar recursos aos arraiais juninos dos 50 bairros de Maceió, que são importantíssimos para consolidar a tradição junina em nossa cidade, e aos trios e bandas de forró que irão participar dos festejos juninos neste ano”, afirmou.

Cada comunidade selecionada pelo Edital Arraial dos Bairros receberá uma ajuda de custo de R$ 5 mil. O Edital Atrações Musicais para Festas Juninas contemplará 32 trios de forró e 16 bandas musicais. Cada trio de música nordestina receberá R$ 3 mil e cada banda um cachê de R$ 8 mil.

Ainda no primeiro semestre, a Fundação lançará um edital para a formação da Rede Municipal de Pontos de Cultura. Quinze projetos de instituições comunitárias serão selecionados para o desenvolvimento de atividades culturais em diversos bairros da capital. Serão priorizadas propostas a serem executadas em escolas da rede municipal de ensino. Cada instituição ou entidade de natureza cultural receberá R$ 60 mil para realizar os trabalhos dentro de um período de um ano.

“Maceió ainda não possui Rede Municipal de Pontos de Cultura e agora iremos entrar nesse circuito do Programa Cultura Viva, uma iniciava importante do Governo Federal que dissemina o conceito e a execução dessas atividades em todo o território nacional. Serão R$ 900 mil destinados aos selecionados”, destacou Vinícius Palmeira.

Outros três editais relacionados à formação da Rede Municipal de Pontos de Cultura serão lançados a partir de junho. Os editais para Seleção do Documentário dos Pontos de Cultura, Seleção de Bolsistas e Seleção de Empresa para Registro e Comunicação totalizam R$ 124 mil e vão selecionar empresas, professor e bolsistas para documentar, registrar e acompanhar as ações desenvolvidas pelas instituições selecionadas.

Grandes eventos

A Fundação, em parceria com a Procuradoria Geral do Município (PGM) e Agência Municipal de Regulação de Serviços Delegados (Arser), estuda lançar no meio do ano a Licitação para a Execução do Maceió Verão 2018 e do São João 2018.  A licitação deve movimentar entre R$ 8 milhões e R$ 10 milhões e selecionar empresas que atuam na produção cultural em território nacional e estejam qualificadas para a produção dos dois eventos. Para o presidente da Fundação, Vinícius Palmeira, a antecipação do processo licitatório será necessária.  “O mundo privado precisa de toda a nossa antecipação para o cumprimento de prazo da tramitação e, logicamente, a captação de recursos que são essenciais para a execução desses projetos”, informou.

Ainda de acordo com ele, a licitação vai resultar em mudanças que vão elevar a qualidade dos eventos. “Aportamos não apenas uma licitação, mas uma mudança de comportamento e de estruturação dos grandes eventos de Maceió, que passarão a contar com mais profissionalização e visão de marcado. A mudança na condução dos eventos fomentará ainda mais Maceió como destino turístico, uma vez que os eventos de grande porte serão trabalhados por empresas que têm a expertise necessária para a execução deles”, disse Vinícius.

O gestor demonstra entusiasmo ao falar dos editais. “Estamos comemorando essa chuva de editais em 2017 apontando já para o ano de 2018 dentro de uma política pública coerente, justa, democrática, de acesso aos bens e aos serviços culturais para toda a cidade. Comemoramos, sobretudo, nosso alinhamento à comunidade cultural”, completou.

Política de editais

A Fundação vai destinar R$ 1 milhão e 498 mil por meio dos editais do São João 2017 e da Rede Municipal de Pontos de Cultura, mas já garantiu a distribuição de R$ 2 milhões e 300 mil a 42 propostas contempladas com os Prêmios Eris Maximiano e Guilherme Rogato. Alguns projetos já foram realizados e outros estão em execução para movimentar a cena cultural da cidade.

“São quase R$ 4 milhões em editais, em transferências diretas para a comunidade cultural de Maceió”, finalizou o presidente Vinícius Palmeira.

Fonte: Ascom / FMAC

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>