Polícia


Greve dos agentes penitenciários: visitas e entrega de alimentação estão suspensas

Danielle Silva/ Alagoas24HorasAgentes penitenciários organizam paralisação

Agentes penitenciários em paralisação

Os agentes penitenciários de Alagoas iniciaram nesta sexta-feira, 19, uma paralisação de 48 horas no sistema prisional. A mobilização faz parte de um ato nacional da categoria que luta contra a reforma, em curso, da Previdência Social e pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 308, que cria a polícia penitenciária nas esferas estadual e federal.

De acordo com Klayton Anderson, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, em Alagoas a categoria aderiu a mobilização, diferente de alguns sindicatos que decidiram pela não paralisação no momento. Segundo ele, não há pautas de nível estadual, uma vez que as negociações da categoria com o governo do Estado estão avançadas.

Ainda de acordo com Anderson, a mobilização luta “contra a injustiça cometida pelo relator da Reforma Previdenciária, que tirou a nossa categoria e a Polícia Civil da aposentadoria especial, além da aprovação da PEC 308 que nos dará poder de polícia”.

Segundo o sindicalista, apenas os serviços essenciais estão sendo desenvolvidos no sistema prisional, como alimentação interna dos reeducandos, médico de urgência, segurança do sistema e desarticulação de motins. “Visita de advogados e de familiares, entrada de alimentação e outras serviços serão suspensos até amanhã e só retornaremos no domingo (28)”, destacou.


Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>