Brasil


Família quebra silêncio e atribui crime de irmãos mortos em Sergipe à vingança

Imprensa1/ CortesiaFilha de uma das vítimas se desespera ao ver pai morto

Filha de uma das vítimas se desespera ao ver pai morto

Familiares de Nilton César Ramos e Gervásio Ramos, executados a tiros na manhã da terça-feira (15) em Aracaju (SE) falaram a um canal de TV local e atribuíram o assassinato dos irmãos a pistoleiros de Pernambuco que teriam sido contratados para matar as vítimas por vingança, em razão de um crime ocorrido em Penedo e que resultou na morte de um cigano.

A família nega que os irmãos tenham envolvimento com o crime, mas não explicam a motivação de suspeitarem de crime encomendado. Para a família, Nilton e Gervásio foram mortos por engano.

Relembre o caso
Irmãos alagoanos são retirados de casa e mortos a tiros em Aracaju

Os dois estavam na casa de parentes, quando três homens que se identificaram como policiais teriam atirado nos dois. Na versão de um primo dos irmãos, os falsos militares teriam ordenado ele e as duas vítimas fatais a se deitarem no chão. O primo alega ter sido poupado e relata que saiu correndo em direção a um matagal próximo. Crianças e mulheres que estavam na porta foram ordenadas a entrar em casa momentos antes da dupla execução.

O carro usado na fuga dos criminosos teria ficado estacionado na rua atrás de onde o duplo crime foi cometido. Além de armas de grosso calibre, os assassinos traziam algemas. O crime será investigado pela DHPP daquele estado.


Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>