Polícia


Deic investiga golpe de agência de turismo que prometeu viagem para Argentina

ReproduçãoViagem para Buenos Aires era pra ocorrer na madrugada de hoje

Viagem para Buenos Aires era pra ocorrer na madrugada de hoje

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a denúncia de suposto calote cometido pela empresa Voyager Turismo, nesta quarta-feira (13), após a agência especializada em viagens ter se negado a cumprir um contrato firmado com cerca de 80 clientes. Todos os passageiros deveriam embarcar na madrugada de hoje para Buenos Aires, na Argentina, o que não ocorreu.

As vítimas se reuniram em uma rede social e acionaram a polícia, após tentativas frustradas de entrar em contato com a empresa. De acordo com a advogada Júlia Nunes, que faz a defesa de parte das pessoas, o proprietário, que não teve o nome divulgado, teria dificultado a entrega dos voucher e passagens para os clientes.

“Verificamos então que era fraude e que nenhuma das reservas havia sido feita, entramos em contato com o empresário e ele deu uma desculpa de que não fez por conta da crise”, disse a advogada.

Ainda segundo Júlia Gomes, levantamento inicial leva a crer que o empresário seria parte de uma organização criminosa maior e que não estaria limitada somente ao crime de estelionato.

A denúncia foi repassada para o delegado Mário Jorge, da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic). “Ainda tem muita gente pra ser ouvida, mas recebemos a denúncia e maiores detalhes não posso passar porque a investigação está em andamento, mas conseguimos falar com o empresário e ele será ouvido”, garante o delegado.

Os valores dos pacotes cobrados pela empresa chega a quase R$ 3 mil. Na página do Facebook, várias pessoas denunciam a possível fraude. Veja a nota enviada pela empresa:

———————————————————-

Maceió – AL, 12 de setembro de 2017.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prezado Cliente,

A recente crise política, que com seus reflexos assola todo a economia brasileira, aliada à problemas operacionais, vieram a dificultar o cumprimento de alguns contratos celebrados, o que impossibilitará a realização da viagem para Buenos Aires que ocorreria no período de 13 a 18 de setembro de 2017.

Salienta-se contudo que a Voyager Turismo ostenta de “nome limpo” e crédito disponível no mercado, não se tratando, portanto, de hipótese de estado de insolvência (falência), sendo indubitavelmente possível sanar tais inquietações de forma serena, justa e conveniente para todas as partes envolvidas.

Desta feita, a Voyager Turismo, por meio do empresário Ernandes Calheiros Júnior, toma a iniciativa, nesta ocasião, de emitir a presente nota, que visa esclarecer e informar, que a referida viagem está cancelada e será remanejada para os seguintes períodos: 18 a 23 de novembro de 2017 e 08 a 13 de dezembro de 2017.

De igual modo, aqueles que não quiserem ou não puderem embarcar nas datas disponibilizadas, atenderemos cada um de forma individual para resolução do contrato, inclusive, apresentando de imediato planos para a forma de restituição dos valores pagos, nos contratos não passíveis de cumprimento.

A empresa lamenta o cancelamento da viagem programada, e ratifica mais uma vez o seu compromisso com o cliente, garantindo que todos os contratos que porventura sejam cancelados terão a restituição integral dos valores conforme preceitua a legislação vigente.

Cordialmente,

VOYAGER TURISMO LTDA.

Ernandes Elias Calheiros Júnior.


Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>