Futebol


De virada, CRB perde novamente e se aproxima da zona do rebaixamento

Douglas Araújo / Divulgação / CRBCRB

O CRB perdeu pela terceira vez consecutiva no Campeonato Brasileiro da Série B. Na retorno do técnico Mazola Júnior, o Galo não conseguiu suportar a pressão tomada no segundo tempo mesmo jogando no Rei Pelé e perdeu por 2 a 1 para o Criciúma, de virada.

Com isso, o time regatiano estaciona nos 32 pontos, na 13ª colocação, estando quatro pontos do Figueirense, o primeiro clube na zona da degola. O Criciúma, por sua vez, se recuperou de derrota em casa para Juventude, por 2 a 1, na rodada passada. Além de afastar o risco de queda, os catarinenses chegaram aos 37 pontos, na oitava posição. A distância para o quarto colocado Vila Nova é de cinco pontos.

INÍCIO ENGANOU…

O início do jogo deixou a impressão de que o CRB poderia abrir um placar elástico. Foram duas boas chances em menos de dez minutos. Aos sete, o meia Elvis cobrou escanteio pela esquerda e, após desvio na primeira trave, o zagueiro Nino salvou antes que o atacante Neto Baiano completasse. Aos nove, o mesmo Neto Baiano roubou bola do goleiro Luiz, que se recuperou e mandou para escanteio.

Depois disso, porém, o jogo ficou truncado e com poucas jogadas de ataque. Os donos da casa só conseguiram chegar ao gol em lance de bola parada. Aos 28 minutos, Elvis bateu falta com categoria, no ângulo direito do goleiro, que nada pôde fazer.

Sem conseguir encaixar seu jogo reativo, o Criciúma contou com uma ajudinha de Neto Baiano para buscar o empate. Aos 33 minutos, o meia Alex Maranhão cobrou falta na área e o atacante desviou de cabeça contra o próprio gol. A bola iria em direção às mãos do goleiro Kolln, que ficou vencido.

DOMÍNIO DO TIGRE

Depois de terminar melhor o primeiro tempo, o Criciúma manteve o ritmo na segunda etapa. E isso surtiu efeito. Aos sete minutos, o atacante Lucão deu um lindo passe por cobertura para o atacante Silvinho. Ele escapou nas costas da defesa e bateu na saída do goleiro. Golaço.

A virada claramente aumentou o nervosismo do CRB. O time alagoano até esboçou uma reação, pressionou, mas a ansiedade atrapalhou. A prova disso foi o gol feito desperdiçado por Neto Baiano aos nove minutos. Ele recebeu na cara do gol, mas mandou para fora.

O mesmo Silvinho ainda poderia ter ampliado o marcador, aos 39 minutos. Ele, entretanto, cobrou pênalti nas mãos de Kolln, que espalmou para cima. A bola ainda pegou no travessão.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima terça-feira, às 20h30, o CRB volta a campo para enfrentar o Vila Nova, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Enquanto isso, o Criciúma recebe o Figueirense, no mesmo dia, às 19h15, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.


Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>