Cantora egípcia é condenada à prisão após comer banana em clipe: ‘Incitar devassidão’

Uma cantora egípcia foi condenada a dois anos de prisão por “incitar a devassidão”, após protagonizar um videoclipe considerado indecente no país conservador. Nas imagens da música “I Have Issues” (Eu tenho problemas), Shaimaa Ahmed, de 21 anos, mais conhecida como Shyma, come uma banana diante de uma classe de jovens estudantes. Ela acabou detida no mês passado após a reação de ultraje à produção.

A mídia local, citada pelos britânicos “Independent”, “BBC” e “The Guardian”, destacou que a artista foi declarada culpada pela publicação junto ao diretor do vídeo por uma corte da capital Cairo. Os dois ainda podem recorrer da sentença. Shyma também recebeu uma multa equivalente a R$ 1,85 mil.

Após se presa, a cantora pediu desculpas a quem interpretou o vídeo “de maneira inapropriada”. Em sua página no Facebook, mais tarde apagada das redes, ela explicou que não imaginava tamanha repercussão. “Nunca imaginei que eu ficaria sujeita a um ataque tão forte de tanta gente”, escreveu a artista.

Com o lançamento do clipe, a elite conservadora do Egito passou a pedir punição a Shyma. O jornal local “Youm7” publicou um editorial no qual avaliava que a cantora apresentou “uma lição de devassidão” à juventude do país. Os fãs da jovem, no entanto, consideram a prisão um símbolo da opressão na nação árabe — uma das que mais restringem os direitos das mulheres no mundo, segundo o “Independent”.

A decisão da corte do Cairo tem precedentes. No ano passado, três dançarinas foram condenadas a seis meses de cadeia por “incitarem devassidão” em videoclipes.

Fonte: Extra Online

Veja Mais

1 comentário

  • Zau says:

    Aqui no Brasil, na frente de alunos adolescentes, uma “professora” colocou uma camisinha com a boca em um pênis de borracha e isso é tido como “educação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *