Trabalhadores sem-terra ocupam Sefaz durante jornada em Alagoas

MLSTSem-terra ocupam prédio da Sefaz

Sem-terra ocupam prédio da Sefaz

Os trabalhadores rurais sem-terra ocuparam na manhã desta segunda-feira, 16, o prédio da Secretaria da Fazenda. Os agricultores estão acampados em Maceió desde ontem (15) em defesa da Reforma Agrária e denunciando os crimes e mortes violentas no campo em memória da passagem do massacre em Eldorado dos Carajás, no Pará, há 22 anos.

Estão em Maceió aproximados três mil trabalhadores rurais sem-terra de acampamentos e assentamentos acompanhados pela Comissão Pastoral da Terra, Movimento de Libertação dos Sem Terra, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Movimento Via do Trabalho e Movimento de Luta pela Terra.

Via do Trabalho2

Nesta manhã, os trabalhadores que estavam acampados na Praça Visconde do Sinimbú, no Centro de Maceió, saíram em caminhada pelas principais ruas do bairro até o prédio da Sefaz, onde permanecem ocupado por tempo indeterminado.

Antes da ocupação, um grupo de aproximados cem trabalhadores foram até o prédio do Hemoal e realizaram doação de sangue. De acordo com Josival Oliveira, da coordenação nacional do MLST, os trabalhadores estão em Maceió para denunciar o atraso da reforma agrária. “Além de denunciar a violência e as mortes no campo que nunca são solucionadas”, destacou.

Leia também

Dirigente sem-terra é executado com tiros na cabeça

“Esses três dias na capital são por demais importantes, primeiro para dialogar com a sociedade e cobrar do governo que é preciso da uma guinada na Reforma Agrária e assim diminuir a concentração de terra que existe em nosso Estado e, sejamos realistas, isso não é justiça social, cobrando e reivindicando este trabalhadores possam ter sua oportunidade de construir sua vida a partir da terra”, destacou Oliveira.

Nesta terça-feira, 17, um ato ecumênico em memória aos 22 anos do massacre de Eldorado dos Carajás será realizado a partir das 7h30 em frente ao Tribunal de Justiça de Alagoas, no centro da cidade.

 

Atualizada às 14h38

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *