Agente penitenciário é assassinado a tiros na parte alta de Maceió

Cortesiaagente (2)

Um agente penitenciário foi assassinado a tiros no bairro do Eustáquio Gomes, na parte alta de Maceió, na manhã deste sábado (21). A vítima foi identificada como Samuel Lessa.

De acordo com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL), a vítima não era concursado, mas um agente contratado pela Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris).

O autor do homicídio e nem detalhes sobre ainda não foram revelados. Policiais civis e militares estão no local para as investigações do caso.

Testemunhas informaram que Samuel teria sido surpreendido por indivíduos que estavam em um veículo Fiat Uno de cor azul claro e placa MUM-7665.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para a realização do recolhimento do corpo.

NOTA DE PESAR

O secretario de Estado da Ressocialização e Inclusão Social, coronel Marcos Sérgio de Freitas, manifesta o mais profundo pesar pelo assassinato do prestador de serviço Samuel Freitas Cavalcante, de 53 anos. O homicídio ocorreu na manhã deste sábado (21), no Conjunto Eustáquio Gomes, em Maceió. O servidor se preparava para trabalhar no Complexo Penitenciário.

O prestador de serviços foi atingido por disparos de arma de fogo e não resistiu aos ferimentos. Logo após o crime, agentes penitenciários e policiais iniciaram as buscas para localizar os criminosos. As buscas seguirão até que os meliantes sejam detidos. Qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos poderá ser repassada ao Disque Denúncia 181, o sigilo é garantido.

Há mais de vinte anos nos quadros de servidores da segurança pública de Alagoas, Samuel Freitas Cavalcante sempre foi um profissional de conduta ilibada, que buscava trabalhar de forma abnegada para manter a tranqüilidade dentro e fora do cárcere. A Secretaria da Ressocialização se solidariza com a família e os amigos do servidor, colocando-se a disposição naquilo que for necessário.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *