Braskem Labs apresenta selecionados para programa de aceleração

Na edição deste ano, Braskem Labs Scale teve categoria voltada para redução de perda e desperdício de alimentos

BraskemLABS

A quarta edição do Braskem Labs Scale, programa de aceleração da empresa realizado em parceria com a ACE, eleita por três vezes consecutivas como a Melhor Aceleradora de Startups da América Latina pelo Latam Founders, selecionou 10 empresas para participarem das capacitações que serão oferecidas ao longo deste ano. No total, foram registradas 150 inscrições.

A seleção se deu com base em critérios como capacidade de inovação, potencial de mercado, perfil do empreendedor e da equipe envolvida, modelo de negócio e impacto socioambiental. O programa seleciona empresas com soluções sustentáveis e inovadoras relacionadas a química ou plástico, e possui uma categoria especial que busca endereçar soluções para desafios da sociedade. Em 2018, abriu espaço para negócios que ofereçam contribuições para a redução do desperdício de alimentos, sem necessariamente envolver plástico ou química.

Nos próximos meses, os selecionados participarão de mentorias realizadas por profissionais da Braskem e da ACE buscando aprimoramentos em seus negócios. Na etapa final, poderão se apresentar em um Demo Day a um grupo de empresários, investidores, bancos de investimentos e outros players do mercado em busca de capitalização e parcerias. Na edição 2017 do programa, 60% das empresas participantes receberam investimento ou estão em conversas avançadas com investidores.

“O programa é aprimorado a cada ano, e estou seguro de que desenvolvemos um modelo de aceleração que pode contribuir imensamente com as empresas selecionadas, gerando cada vez mais impacto para a sociedade e para o meio ambiente”, afirma Luiz Gustavo Ortega, líder de Desenvolvimento Sustentável da Braskem.

Sobre a Braskem

Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e receita líquida de R$ 50 bilhões em 2017. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *