Sindpol denuncia o acúmulo de materiais de apreensão nas delegacias

Sindpol315bf31d-7cf6-4ea4-a836-76a9aabf9dae

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol-AL) visitou a DRN, no Complexo de Delegacias Especializadas (Code), o 11º DP e a Central de Flagrantes 1 denuncia o acúmulo de materiais de apreensões nas delegacias.

Na sexta-feira (18), o Sindpol acompanhou o transtorno aos policiais civis da DRN, que estavam realizando a mudança para o novo complexo de delegacias de Maceió — a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Delegacia de Narcóticos (Dnarc). Os policiais retiravam materiais de apreensão, como drogas, para o novo espaço da delegacia. Entre as caixas, materiais de inquérito com data de 2013. Ao lado de fora do CODE, há diversos carros e motocicletas que se acumulam no estacionamento.

O vice-diretor de Comunicação do Sindpol, Vicente Higino, destacou os problemas de saúde que os policiais civis estavam expostos, em um ambiente insalubre, que acumula elementos alucinógenos e tóxicos. “O Estado não tem Cadeia de Custódia. A Justiça não quer esses materiais, que acabam prejudicando o trabalho dos policiais civis”.

Nesta segunda-feira (21), a visita aconteceu no 11º DP e na Central de Flagrantes 1. No 11º DP, que funciona em nova sede desde o ano passado, a delegada informou que vem solicitando aos órgãos a retirada dos materiais. De acordo com ela, muitos objetos já saíram do local, como as máquinas de caças níqueis, mas ainda há várias motos e outros materiais.

Na Central de Flagrantes 1, a rua ao lado está com dezenas de carros e há quase 100 motocicletas no pátio da Central.

Solicitação

Sindpolb2956ae9-7496-4e88-a302-448a1c9a06b5

As denúncias à imprensa fazem parte das ações do Sindpol pela retirada dos materiais de apreensões nas delegacias. O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, encaminhou o Ofício nº 108/208-SINDPOL-AL ao Delegado Geral, Paulo Cerqueira, solicitando sua compreensão sobre a necessidade urgente de a Polícia Civil alugar ou adquirir galpões com o objetivo de guardar, custodiar e recepcionar todos os materiais de apreensão que estão nas delegacias de Alagoas, como também os que vierem a ser apreendidos.

Além do Vicente Higino, também estiveram nas delegacias a 2ª vice-presidente do Sindpol, Arlete Bezerra, o vice-diretor de Planejamento, Emerson Pereira, e o Conselho Fiscal Sidney Ribeiro.

Fonte: Sindpol

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *