Argentina vê Messi perder pênalti e só empata com a Islândia em sua estreia na Copa do Mundo

Messi perde pênalti contra a Islândia Getty

Um dia após Cristiano Ronaldo marcar três vezes no empate por 3 a 3 entre Portugal e Espanha, esperava-se a resposta de Lionel Messi em Argentina x Islândia. No entanto, La Pulga acabou perdendo um pênalti no segundo tempo e viu sua seleção empatar por 1 a 1 com o rival, que fez sua primeira partida em Mundiais. O jogo foi válido pela 1ª rodada do grupo D da Copa do Mundo de 2018.

O lance, aliás, foi bem contestável, já que muitos não viram penalidade de Magnusson em Meza. Ainda assim, Messi decepcionou e, em sua primeira cobrança na marca da cal em Copas, parou nas mãos do goleiro Halldorsson.

O chute mal batido frustrou ninguém menos que Diego Armando Maradona, que estava na tribuna do estádio do Spartak Moscou neste sábado. A penalidade, inclusive, foi bem na frente de seu camarote da Fifa.

Antes disso, Agüero havia aberto o placar para os sul-americanos aos 19 da etapa inicial, anotando seu primeiro tento em Mundiais, enquanto Finnbogasson igualou para os islandeses quatro minutos depois.

Com o resultado, os dois times lideram o grupo D, com 1 ponto cada, e agora aguardam o resultado de Croácia x Nigéria para saberem a posição ao final da 1ª rodada da fase de grupos.

Na próxima rodada, a Argentina encara a Croácia, quinta-feira, às 15h (de Brasília), em Nizhny-Novgorod. No dia seguinte, às 12h, a Islândia mede forças com a Nigéria, em Volgogrado.

O JOGO

A Argentina começou a partida melhor e criou duas boas chances logo de cara em jogadas aéreas. Em levantamentos de Messi para a área, Otamendi e Tagliafico ficaram a centímetros de colocar a bola nas redes adversárias.

A resposta da Islândia, porém, quase foi fatal: aos 10 minutos, a zaga da Albiceleste saiu jogando de maneira horrorosa, a marcação apertou e a bola sobrou para Bjarnason chutar tirando tinta da trave de Caballero.

CInco minutos depois, Messi mostrou que estava a fim de jogo e fez sua jogada tradicional. Ele pegou no lado direito da intermediária, puxou para a esquerda e disparou forte, para boa defesa de Halldorsson.

E o gol argentino veio logo em seguida, num belo lance de Agüero: ele recebeu de Rojo na marca do pênalti, fez o pivô levando para a perna esquerda e soltou um foguete para estufar as redes e finalmente marcar seu primeiro gol em Copas do Mundo.

Só que quase nem deu tempo de comemorar!

Pouco após ser vazada, a Islândia foi para cima e, numa jogada pela direita, achou o empate. Caballero não conseguiu cortar cruzamento rasteiro e Gilfy Sigurdsson e a bola se ofereceu para Finnbogasson só empurrar para dentro, marcando seu 14º tento pela seleção.

Foi o primeiro gol dos islandeses na história das Copa do Mundo!

Depois disso, a partida ficou mais disputada no meio-campo, sem tantas chances até os minutos finais, quando a pequena ilha quase ficou na frente do placar em duas boas chegadas de Gilfy Sigurdsson, o craque do time.

Na volta para a etapa final, Sampaoli resolveu dar mais alguns minutos aos seus jogadores, mas sua paciência não demorou mais do que 15 minutos. Sem conseguir furar a bem postada defesa adversária, mas também sem sofrer tanto com o ataque adversário, o treinador resolveu mandar a campo o meia Banega, sacando o volante Biglia. A Argentina, no entanto, seguiu dependendo de Messi, que decepcionou quando teve a chance na cobrança de pênalti, chutando a bola nas mãos do goleiro Halldorsson.

Sampaoli continuou tentando mandar o time para frente e acertou ao colocar o jovem Pavón, do Boca Juniors, no lugar do inoperante Di María. O garoto em seu primeiro lance caiu após disputa com o defensor e reclamou de pênalti, ignorado pela arbitragem. Pouco depois, em cruzamento à meia altura, só não fez o segundo porque Halldorsson fez grande defesa.

A pressão seguiu forte dos argentinos, dependendo agora também das jogadas pela esquerda de Pavón. Em outro bom lance, o atleta do Boca cruzou na segunda trave e a bola sobrou para chute de Salvio, mais uma vez travado pela defesa. No último lance, Messi ainda teve falta frontal para bater, mas mandou na barreira e não evitou a igualdade.

FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 1 x 1 ISLÂNDIA

Local: Arena Otkrytie, em Moscou (RUS)
Data: 16 de junho de 2018, sábado
Horário: 10h (de Brasília)
Árbitro: Szymon Marciniak (POL)
Assistentes: Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz (ambos POL)
VAR: Mark Geiger (EUA), Pawel Gil (POL), Joe Fletcher (CAN) e Gery Vargas (BOL)
Cartões amarelos:

GOLS
RÚSSIA: Agüero, aos 19 minutos do primeiro tempo
ISLÂNDIA: Finnbogasson, aos 23 minutos do primeiro tempo

ARGENTINA: Caballero; Salvio, Otamendi, Rojo e Tagliafico; Mascherano, Biglia (Banega) e Meza (Higuaín); Di María (Pavón), Messi e Agüero.

Técnico: Jorge Sampaoli

ISLÂNDIA: Halldorsson; Saevarsson, Ragnar Sigurdsson, Árnason e Magnuson; Gunnarsson (Skulason), Hallfredsson, Bjarnason e Gudmundsson (Gislasson); Gylfi Sigurdsson e Finnbogason (Sigurdarson).

Técnico: Heimir Hallgrímsson

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *