PC vai investigar se triplo homicídio foi motivado por vingança

Reprodução/Facebook

Família é assassinada em Girau do Ponciano

A Polícia Civil já iniciou as investigações sobre o triplo homicídio registrado nesta quinta-feira, 9, no município de Girau do Ponciano.  O caso está sob a responsabilidade da delegada Daniella Alves Andrade e as equipes da já estão realizando diligências na tentativa de prender os envolvidos.

Leia Mais: Família é assassinada a tiros dentro de residência no Agreste

A mãe de Edvânia Nunes, de 31 anos, Rosália Nunes dos Santos Silva, conta que há dois anos outro filho foi assassinado no mesmo local. Edson Nunes Lino, conhecido como “Quinho” foi morto no mês de março, com golpes de arma branca.

À época a Polícia informou que os assassinos do rapaz seriam:  Manuel e seu filho Josué, ambos moradores da cidade, conforme matéria veiculada pelo Alagoas 24 Horas.  

Outro fato que merece destaque é que depois do assassinado de Quinho, Edvânia e  o esposo, Edivaldo Claudino dos Santos, 24 anos, foram apontados como suspeitos de incendiar a residência de Manuel e Josuel Pereira da Silva, em represália pelo assassinato. O caso estava em tramitação no Fórum de Girau do Ponciano (Processo de número: 0700981-62.2016.8.02.0012). 

Enquanto a polícia tenta montar esse quebra-cabeças, dona Rosália, que se recupera de uma cirurgia no fêmur, teme por sua vida. A aposentada conta que ouviu um barulho, por volta das 23 horas, mas nem passou pela cabeça que poderia se tratar de um crime. Pela manhã, os corpos foram encontrados por outro neto de dona Rosália.

Os corpos das vítimas foram periciados e recolhidos por volta das 13h30, pela equipe do Instituto de Medicina Legal de Arapiraca.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações