SSP considera positiva a segurança nas eleições e manterá o mesmo planejamento no 2º turno

Déborah Moraes / AL24H

Sec. Cel. Lima Júnior

A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) considerou como positivo o andamento das eleições do último domingo (8). Em entrevista coletiva realizada na sede da SSP/AL, no Centro, o secretário Lima Júnior afirmou ainda que o mesmo planejamento operacional do primeiro turno será mantido no segundo.

“Tivemos uma diminuição de ocorrências aqui em Alagoas. Nós nos planejamos e tivemos um grande resultado. O planejamento do segundo turno já está pronto e será o mesmo do primeiro turno. Conversamos com todos os órgãos de segurança pública e todos entramos num consenso onde o planejamento operacional será mantido. O segundo turno é uma eleição mais rápida porque iremos votar apenas em um candidato. Mas tenho certeza que a consciência da paz e política do alagoano fará com que tenhamos uma tranquilidade” disse Lima Júnior.

O titular da pasta disse ainda que as forças de segurança do Estado conseguiram prever alguns conflitos e acredita que não haverá grandes problemas de violência em Alagoas, mesmo com a esperada polarização entre os eleitores dos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

“O que preocupa é ultrapassar os limites, mas estamos prontos para trabalhar e acompanhar isso de perto, antecipando os fatos e eliminarmos os riscos de problemas”, complementou o secretário.

O superintendente da Polícia Federal em Alagoas, Rolando Alexandre de Souza, também considerou o andamento das eleições tranquilo e comemorou a redução no número de inquéritos de irregularidades eleitorais.

“Foi um pleito com muita tranquilidade. Nós já tivemos em outros pleitos, mais de 1500 inquéritos. Mas claro, óbvio que alguns problemas haverão em um pleito tão grande como foi este. Isso significou para nós uma redução de 32,8% com relação aos inquéritos no último pleito de 2016”, disse.

Rolando informou ainda que os casos de crime eleitoral registrados no Estado serão entregues ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) nos próximo dias, para que o órgão responsável pelo julgamento seja acionado.

“Todos os casos serão apurados. Estamos recebendo as demandas do interior e aqui na capital será tudo apurado para entregar aos responsáveis. O TRE será notificado para receber ou não os inquéritos.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *