Padrasto suspeito de espancar o enteado de 2 anos é preso em Rio Largo

Divulgação

Polícia Civil de Alagoas ganha novo Complexo de Delegacias

Emerson David Lins da Silva, de 29 anos, padrasto de D.M.S., de 2 anos, espancado até a morte, foi preso na tarde desta terça-feira, 6, suspeito de ser o autor do crime. Ele foi localizado em casa, no município de Rio Largo.

A prisão foi efetuada pelo delegado Marcos Lins, titular da Delegacia do município. Emerson David foi levado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro de Chã de Bebedouro, em Maceió.

Ele deverá ser ouvido e autuado em flagrante pelo crime de homicídio. Ainda ontem o homem foi ouvido, mas como não havia, até então, evidências de crime, foi liberado.

Leia Também: Padrasto é suspeito de estuprar e matar criança de 2 anos na região metropolitana

Em entrevista à TV Pajuçara, o chefe de serviço da delegacia, José Sá Neto, informou que o homem não reagiu a prisão e não demonstrou surpresa. O oficial disse ainda que acredita que ele não tentou fugir pois utiliza tornozeleira eletrônica, em resposta a outros crimes que já havia cometido, sem especificar qual.

Mais cedo, o IML divulgou laudo no qual informava que a criança foi vítima de agressão física antes de morrer. Segundo a perícia, o agressor utilizou um instrumento contundente para ferir o menor. Os golpes foram tão intensos que o pâncreas ficou partido ao meio. A suspeita de abuso sexual foi descartada.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações