CRB 2 x 0 Juventude – Galo vence e abre quatro pontos da zona de rebaixamento

Ascom CRB

CRB derrota Juventude no Rei Pelé

O CRB deu passo importante para permanecer na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Juventude pelo placar de 2 a 0 na noite desta terça-feira, no Estádio Rei Pelé, pela 35ª rodada. Em contrapartida, praticamente rebaixou o time de Caxias do Sul.
Com o resultado, o CRB terminou a rodada na 16ª colocação, com 41 pontos, quatro a mais do que o Paysandu, o primeiro dentro do descenso. Com 35, o Juventude é o 18º.

GALO NA FRENTE!
Em duelo direto contra o rebaixamento, o CRB aproveitou a força da sua torcida para pressionar o Juventude logo de cara e precisou de apenas 11 minutos para abrir o marcador. Iago partiu em velocidade e cruzou. Mazola fez o corta-luz para Renan Oliveira, que chutou no fundo das redes.
O Juventude não abaixou a cabeça e ficou muito perto de empatar aos 18 minutos, quando Neuton recebeu na entrada da área e arriscou. A bola passou rente à trave de João Carlos, que segurou de forma tranqüila uma tentativa de Gabriel Valentini.

O time alagoano ainda tentou achar um segundo gol na etapa final, mas desperdiçou grande oportunidade. Willians Santana disparou e tentou o chute cruzado. Douglas se esticou, mas não conseguiu desviar para o gol.

FECHOU A CONTA!
O CRB voltou para o segundo tempo propondo um jogo lento, truncado, tentando segurar o empate. Com sérias limitações técnicas, o Juventude se viu preso na marcação rival e só foi chegar com perigo aos 15 minutos. Gabriel Valentini arriscou, mas João Carlos encaixou.

O time alagoano seguiu o plano à linha e achou um segundo gol aos 35 minutos. João Carlos saiu jogando, Paulinho desviou e a bola parou nos pés de Iago. Ele cruzou rasteiro para Willians Santana ampliar o marcador no Rei Pelé.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Juventude enfrenta a Ponte Preta na sexta-feira, às 20h30, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). No sábado, às 17h, o CRB visita o Criciúma no Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Fonte: AFI

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *