Acusado de assassinar idoso na frente da mãe de 90 anos é preso pela Polícia Civil

PC/AL

O jovem de 24 anos, identificado como Tiago Ernesto do Santos, acusado de assassinar um idoso na Ilha de Santa Rita, em Marechal Deodoro, foi preso, nesta quarta-feira, 21, pelos policiais do 17º Distrito Policial, no Povoado Barra Nova, também naquele município.

A Polícia Civil informou que os agentes de polícia iniciaram as investigações logo após o assassinato do idoso, Benedito Tércio da Silva. Hoje, Tiago Ernesto, que é esposo da sobrinha da vítima, foi localizado e preso em casa de parentes na Barra Nova.

Segundo o delegado titular do 17º DP, Leonam Pinheiro, o acusado confessou o crime e disse que a motivação do assassinato foi uma discussão familiar.

Após a prisão, Tiago foi conduzido à sede do 17ºDP onde será autuado pelo crime de homicídio qualificado e ficará à disposição do sistema prisional.

No dia do crime, testemunhas contaram aos policiais da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar e da Polícia Civil que a vítima era uma pessoa de difícil convivência e que tinha ameaçado a sobrinha durante uma ‘festa’ da família no sábado, 17. No dia seguinte, Tiago Ernesto esteve na casa do idoso e o matou com cinco tiros. O homicídio foi presenciado pela mãe da vítima, de aproximadamente 90 anos.

“Tiago contou que houve uma confusão no dia anterior do crime e o idoso teria ameaçado a esposa, a filha e a mãe do acusado com um facão. Então, no outro dia, ele adquiriu uma arma de fogo, que ainda não falou onde conseguiu, foi até a casa do idoso e realizou os disparos de arma de fogo. Este é um crime premeditado”, finalizou o delegado à TV Ponta Verde.

A vítima respondia pelo crime de homicídio no estado de Minas Gerais. Já o acusado não possuía anteriormente passagem pela polícia.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações