“Não convence”, diz delegado sobre depoimento do acusado de violentar mulher com cabo de vassoura

Manoel Messias Gonçalo da Silva, acusado de estuprar a própria esposa e introduzir um cabo de vassoura em sua vagina, nega que tenha cometido tamanha barbaridade. Ele prestou depoimento ao delegado Alexandre César, no Cisp de São Luís do Quitunde, onde permanece preso.

Apesar da negativa, o delegado disse que ele não apresentou nenhum argumento ou informação que aponde outro autor deste crime, que chocou a cidade da região Norte do Estado. O delegado destaca que seu depoimento não convence e que ele não possui um álibi. Resta agora a Alexandre César aguardar a entrega dos laudos médicos para dar prosseguimento ao inquérito.

Mais cedo o Alagoas24horas divulgou que o juiz Wilamo de Omena Lopes decidiu converter a prisão em flagrante de Manoel Messias, em prisão preventiva.

Leia Mais: Justiça determina prisão preventiva de acusado de introduzir cabo de vassoura em vagina de companheira

 

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações