Acusado de assassinar esposa com panela de pressão diz que estava sob efeito de álcool

PC/AL

Antônio Carlos dos Santos foi preso pela PC no Mato Grosso

O acusado de assassinar a esposa com uma panela de pressão, Antônio Carlos dos Santos contou que estava sob efeito de álcool quando matou Maria Cristiane dos Santos, 34, no mês de outubro em São Luiz do Quitunde, região norte de Alagoas.

Em entrevista à imprensa, o acusado disse que era casado com Maria Cristiane há oito anos e que teria sido a primeira vez que a agrediu. “Eu estava cheio de cana (bêbado) e me arrependi do que fiz com ela. Quando a gente arrengava, nunca fiz isto antes com ela não”, disse Antônio Carlos à TV Ponta Verde. 

No dia 25 de outubro, Maria Cristiane foi espancada e agredida com uma panela de pressão pelo marido. A vítima, que estava grávida de quatro meses, chegou a ser levada ao Hospital Geral do Estado (HGE) para atendimento médico, mas não resistiu e entrou em óbito.

Na época, o delegado Alexandre César informou que Antônio Carlos também teria assassinado dois homens – identificados como Cícero Pedro do Nascimento, 56 anos, e Genivaldo Alves Amorim, 58 – em São Luiz do Quitunde por terem se recusado a ajudá-lo após a morte de Maria Cristiane.

Após as investigações, o acusado foi localizado pela Polícia Civil de Alagoas no Mato Grosso. Ele segue preso e à disposição da Justiça alagoana.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações