Homem espanca colega até a morte por dívida de 50 Reais

Prisão ocorreu nesta sexta-feira, após decretação de prisão preventiva.

PC-AL

Delegacia de Homicídios

Agentes da Delegacia de Homicídios prenderam, no conjunto Village Campestre II, no bairro Cidade Universitária, Felipe da Silva, de 27 anos, acusado de matar, Luan de Almeida Moura, 32 anos, em novembro deste ano.

O crime ocorreu no conjunto Graciliano Ramos, no mesmo bairro onde ele foi preso. Na ocasião, Luan foi espancado a socos e pontapés e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos.

Durante interrogatório, Felipe disse à delegada Tacyane Virgílio Ribeiro, que preside o inquérito, que costumava cheirar cocaína com a vítima e que Luan estaria devendo o R$ 50. A dívida seria o motivo do crime. Outras pessoas teriam participado do espancamento, mas Felipe assumiu a autoria do crime.

A justiça determinou a prisão preventiva de Felipe, que já está a disposição da justiça.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações