Testemunha de homicídio é executada com 14 tiros na Barra de São Miguel

Ascom Setrand

A Polícia Civil deve instaurar inquérito para investigar as motivações e autoria de um assassinato registrado na noite desta quinta-feira (10) na localidade conhecida como Ladeira da Barra, sentido à Praia do Gunga, na Barra de São Miguel, cidade do litoral sul do estado.

A vítima, identificada como José Valdo Matias da Silva, de 43 anos, morreu após ser atingida por 14 tiros de pistola calibre 380. Não há detalhes de como se deu o crime, embora a Polícia Militar afirme que os assassinos fugiram após o homicídio.

De acordo com a página eletrônica do Tribunal de Justiça de Alagoas, José Valdo depôs, na condição de declarante, em processo de homicídio qualificado cometido por Lindomar Vicente dos Santos, ocorrido em 2017.

A polícia deverá estabelecer se os crimes estão relacionados, ou se houve outra motivação. O corpo de José Valdo foi periciado e encaminhado para o IML de Maceió para ser submetido à necropsia e posteriormente será liberado para sepultamento.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações