Acusado de matar mulher a facadas não corre risco de morte

Cortesia

Rosineide foi assassinada facadas na própria cama

O principal suspeito de matar a mulher a golpes de faca, Osmar Barros Portela, de 55 anos, não corre risco de morte. A informação foi repassada à imprensa pela assessoria de comunicação do Hospital Geral do Estado. O paciente está internado na clínica da área vermelha, lúcido e estável.

Osmar Portela teria ingerido veneno de rato após assassinar com vários golpes de arma branca nas primeiras horas desta sexta-feira, 11, na residência do casal, em São Luiz do Quitunde, cidade da região norte. Rosineide Bernardes de Andrade, 55 anos, foi atacada na própria cama e esfaqueada até a morte.

Após o crime, Osmar teria ingerido veneno e foi levado a um hospital local e posteriormente ao HGE. Ele deve ser autuado ainda hoje pela equipe do delegado Alexandre César. As motivações para o brutal assassinato ainda são desconhecidas.

 

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações