Jovem que morreu no acidente com ônibus clandestino é sepultado em AL

Reprodução/Facebook

Micael Martins Lima, 21 anos

Foi sepultado nesta terça-feira, 22, sob forte comoção, o corpo do jovem Micael Martins Lima, 21 anos, natural de Girau do Ponciano que morreu num acidente envolvendo um ônibus clandestino que seguia de Maceió em direção a São Paulo.

O fato ocorreu no domingo, 20, em um trecho da rodovia BR-146, em Serra do Salitre, na Região do Alto Paranaíba (MG). Micael estava em Alagoas desde as festas de fim de ano e retornava para Minas Gerais, onde morava com o pai e a irmã.

De acordo com informações do site NN1, familiares informaram que o corpo foi trazido para Girau do Ponciano, onde foi sepultado, depois de uma campanha na cidade para arrecadar recursos, em torno de R$ 10 mil.

Um tio da vítima contou que o jovem estava viajando na poltrona do motorista reserva, por causa da superlotação do ônibus. Ele havia decidido viajar no clandestino porque tinha pressa de retornar à Minas por causa do trabalho. A família ficou preocupada desde o embarque dos passageiros, ao perceber que a viagem seria feita por apenas um motorista e também devido ao número de passageiros.

A família deverá processar a empresa de ônibus.

Veja Mais

1 comentário

  • Rose says:

    Sei que é triste perder um ente querido. Mas não concordo com essa questão de processar.
    Todos sabiam que era só um motorista e que estava superlotado (segundo a família) e pq embarcou??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações