Câmara inicia ano legislativo de 2019 no próximo dia 15

Na pauta, discutir as demandas dos bairros, tratar das questões orçamentárias anuais e intensificar a participação popular nos trabalhos da Casa

Discussão e aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) exercício 2020, Audiências Públicas para ouvir de representantes das comunidades suas demandas e necessidades e prioridade em assuntos de repercussão, como as fissuras e rachaduras que atingiram, há um ano, casas, apartamentos e estabelecimentos comerciais do bairro do Pinheiro estarão na pauta de deliberação da Câmara Municipal de Maceió no retorno aos trabalhos legislativos, a partir do próximo dia 15, data definida no Regimento Interno da Casa para o início do ano legislativo e na terça-feira (19), quando acontece a primeira sessão ordinária em Plenário.

Sessões Solenes e Especiais para homenagear personalidades e instituições com relevantes serviços prestados à sociedade também vão compor o calendário de 2019 no Legislativo municipal.

“É mais um ano legislativo que estamos iniciando. Como presidente, tenho buscado manter a harmonia entre os membros da Casa, atendendo as demandas da sociedade e com um canal de diálogo sempre aberto com o Poder Executivo, porque o foco é o bem-estar da população. Evidentemente, os problemas de uma cidade como Maceió são enormes, urgentes e muitos exigem soluções e encaminhamentos com rapidez, como é o caso do bairro do Pinheiro. Dessa forma, os vereadores devem tratar da questão, com o objetivo de contribuirmos para ajudarmos no que for possível”, declarou Kelmann Vieira (PSDB), presidente da Casa, lembrando que, em 2018, a Câmara já debatia os tremores de terra no Pinheiro por meio de uma audiência pública solicitada pelo então vereador Sílvio Camelo (PV).

“Vale salientar que a Câmara acompanha as dificuldades por que passam os moradores do Pinheiro desde que os problemas por lá apareceram, em março do ano passado. Realizamos audiência pública e temos nos mantidos informados da situação”, esclareceu o parlamentar, que ainda tratou sobre a LDO, que estabelece as metas e prioridades financeiras para o exercício do ano seguinte para o município.

“É um assunto que deve chegar à Casa de Mário Guimarães para ser discutido e apreciado no semestre deste ano, antecedendo a peça orçamentária propriamente dita. Vamos, mais uma vez, ouvir representantes da sociedade para que, assim, tenhamos a possibilidade de incluirmos no Orçamento as demandas da população. Por isso, incentivamos a ampla participação dos maceioenses nas atividades da Câmara. Ninguém mais do que os próprios moradores dos bairros para conhecer suas realidades. As propostas deles são transformadas em emendas ao orçamento a serem apresentadas pelos vereadores”, esclareceu Kelmann Vieira.

MUDANÇAS – A Câmara Municipal de Maceió voltar aos trabalhos legislativos com uma nova composição entre os vereadores. Eleitos, respectivamente, deputados estaduais e federal, Dudu Ronalsa (PSDB), Sílvio Camelo (PV) e Tereza Nelma (PSDB) deixam a Casa e dão lugar aos suplentes que foram efetivados vereadores Simone Andrade (DEM), Mauro Guedes Jr (PROS) e Cleber Costa (PP).

Fonte: Ascom Câmara

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações