Lutador Rayron Gracie, filho de mulher espancada, se declara à mãe

Instagram

O lutador Rayron Gracie usou seu perfil no Instagram para declarar à mãe, Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, espancada durante quatro horas no primeiro encontro que teve com um homem. O advogado Vinícius Batista Serra, de 27 anos, foi preso por tentativa de feminicídio. Ele alegou à polícia que bebeu vinho e teve um surto quando acordou.

“Te amo, mãe”, escreveu Rayron. O lutador logo ganhou o apoio de centenas de pessoas, entre elas nomes conhecidos, como o comentarista e ex-atleta Flávio Canto, o skatista Bob Burnquist, a lutadora Kyra Gracie. Ela, além de comentar na postagem de seu primo Ryron, também comentou o caso em seu perfil na rede social.

“Com uma dor no coração venho falar com vcs sobre esse episódio de tentativa de homicídio… A gente nunca acha que pode chegar tão perto de nós. É uma sensação horrível, de aperto no peito, mãos atadas…

Vinicius Batista Serra, advogado, morador do Leme, no Rio de Janeiro, agrediu brutalmente uma mulher muito próxima da minha família de maneira premeditada e tentou o feminicídio.

Um monstro!

Ele foi preso em flagrante e como é de se esperar de todo covarde, está alegando surto psicótico para que seus advogados possam tentar uma pena mais branda. Em seu último depoimento disse que não lembra de nada.

Que a justiça seja feita e a pena para esse crime tão grotesco seja dura! A sociedade e a justiça não podem mais permitir que psicopatas como esse permaneçam impunes e em convívio com a sociedade. Por favor, compartilhem a foto desse mostro para que todos saibam quem ele é.

Inacreditável ainda é escutar de alguns “o que ela deve ter feito pra ele fazer isso?” Q mundo é esse?

Provavelmente este psicopata deve ter um histórico de violência contra outras mulheres. Denunciem!”.

Kyra postou fotos de Vinícius e, também, mostrou as marcas deixadas no rosto e no corpo de Elaine, que se encontra internada num hospital particular no Rio. Segundo exames, ela sofreu fraturas no rosto e precisará passar por cirurgia reparadora. Elaine e Vinícius se conheceram numa rede social. Os dois conversaram durante oito meses até que resolveram marcar o primeiro encontro: um jantar na casa dela. Eles dormiram juntos e a vítima acordou sendo agredida pelo advogado.

Fonte: Extra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações