Policial é encontrada morta dentro do posto da PM na Praia do Francês

Sandro Quintela/Real Deodorense

Tássia Camila morreu dentro do posto policial da Praia do Francês

Uma policial militar recém-formada foi encontrada morta, na tarde desta terça-feira, 19, dentro do banheiro do posto policial da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar, localizado na Praia do Francês, em Marechal Deodoro.

De acordo com informações de testemunhas, a militar,  identificada como Tássia Camila Amorim dos Santos, 30, estava de serviço hoje no posto policial integrado da Praia do Francês. No momento de descanso, se dirigiu ao banheiro e tirou a própria vida com um tiro na cabeça.

Informações extraoficiais dão conta que a militar tinha histórico de depressão. Tássia Camila participou da formatura dos novos soldados combatentes no último dia 7 de fevereiro e posteriormente ingressou nos quadros da 5ª Cia/Ind de Marechal Deodoro.

Após o caso, peritos do Instituto de Criminalística foram acionados para realizar os primeiros levantamentos sobre o fato. Depois, o corpo será recolhido ao IML, em Maceió.

Em nota, o Comando-Geral da Polícia Militar do Estado de Alagoas lamentou o episódio e se solidarizou com a família de Tássia Camila.

Nota de Pesar

Sandro Quintela/Real Deodorense

Tássia Camila morreu dentro do posto policial da Praia do Francês

O Comando-Geral da Polícia Militar do Estado de Alagoas lamenta com profundo pesar o falecimento da soldado Tássia Camila Amorim Santos, de 30 anos, ocorrido no início da tarde desta terça-feira (19), em Marechal Deodoro.

De acordo com as primeiras informações, a militar, que ingressou na Corporação no dia 03 de julho de 2018, atentou contra a vida dentro do banheiro da base de apoio da Praia do Francês. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado pelos militares da 5ª Companhia para prestar socorro, porém a soldado já estava em óbito.

O Comandante-geral da PM, coronel Marcos Sampaio, se solidariza com a família e a tropa nesse momento de tamanho sofrimento, ao tempo que se coloca à disposição dos parentes da militar para o que se fizer necessário.

O oficial adiantou ainda que é muito cedo para se pronunciar sobre o fato e que o momento é de prestar apoio à família. “Um procedimento deverá ser aberto para apurar as possíveis causas que levaram a fatalidade”, disse o comandante.

Sepultamento

Em breve colocaremos informações sobre o local e horário do velório de sepultamento.

Veja Mais

5 Comentários

  • Fábio says:

    Não sei se é o caso, mas a justiça forçou a convocação de muitos soldados inaptos para a função de polícial, vários dos que estão mas ruas não em condições alguma de servir a sociedade, são verdadeiras bombas relógios, pessoas que precisam de tratamento, que sofrem com depressão, síndromes do pânico, entre outras doenças.

  • roberto says:

    esse sitio fala da bandidagem de alagoas, mas nada fala dos bandidos que tomaram conta do palacio do planalto. apoiam esses imbecis subculturados que 57 milhões de idiotas elegeram/?

  • Myrella says:

    Avaliar com mais atenção a questão psicológica dos agentes. Não adianta quantidade, sem qualidade para desenvolver o trabalho social . Esse não é primeiro caso .

  • Neto says:

    Quantos(as) iguais a essa estão por aí nas ruas fardados(as)?

  • Marcos Vinícius says:

    O suicídio hoje é um mal que acomete a várias pessoas Fábio, independente da classe, da condição econômica, religião e categoria profissional, entre outras. Dizer que o Estado é o único culpado por colocar no posto de trabalho policiais acho muito injusto. Se assim o fosse, não teríamos médicos e tantos profissionais renomados, pessoas famosas e tantas outras que, aos olhos da sociedade são pessoas bem resolvidas e tranquilas se matando. Prova disso são alguns religiosos que, aos olhos de todos, são pessoas cheias de Deus como é o caso do Pe Marcelo, Pe Fábio que tiveram depressão e pensaram em suicídio – o que cai por terra outro pensamento medíocre que ter depressão é “coisa de quem não tem Deus no coração “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações