Laboratório de Genética Forense esclarece caso de estupro de adolescente em shopping

Ascom/POAL

Laboratório de Genética esclarece caso de estupro em shopping

Uma adolescente de 13 anos foi estuprada no banheiro de um shopping da capital alagoana e o principal suspeito é um adolescente de 15 anos, que está sendo investigado pela  Delegacia Especial da Criança e do Adolescente (DECA). O caso, que segue em segredo de justiça ganhou novo capítulo após a realização do trabalho do Laboratório de Genética Forense do  Instituto de Criminalística de Alagoas.

De acordo com informações da assessoria de comunicação do órgão, a delegada do caso, Teíla Rocha, solicitou exames periciais para tentar encontrar vestígios de material biológico do suspeito em uma peça de roupa íntima usada pela vítima no dia da ocorrência.

Ainda segundo a assessoria, a perita criminal Carmélia Miranda explicou que o exame de DNA foi realizado em duas etapas: busca por material biológico na calcinha usada pela vítima e posteriormente identificação de  perfis genéticos para serem comparados com o da menor e do  suspeito. “Durante a análise, consegui encontrar na peça intima da vítima materiais biológicos, entre eles, sangue e sêmen. Quando comparado com os perfis genéticos das referências, ficou confirmado que o sêmen era do suspeito, comprovando sua presença na cena do crime”, explicou Carmélia Miranda.

O laudo pericial contendo a prova técnica que confirmou a autoria do ato infracional análogo a estupro de vulnerável foi encaminhado à delegacia que também já concluiu o inquérito e remeteu à justiça.

 

Fonte: Informações da Ascom/Perícia Oficial do Estado

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações