Mais de dez anos depois, acusado no assassinato de Beto Campanha vai a júri

Beto Campanha foi morto a tiros no dia 19 de janeiro deste ano
Beto Campanha foi morto a tiros no dia 19 de janeiro de 2007

Na próxima quinta-feira, 14, sentará no banco dos réus, um dos acusados no assassinato do ex-vice-prefeito da cidade do Pilar, Gilberto Pereira, o Beto Campanha, morto em 2007, em uma emboscada no bairro do Tabuleiro do Martins. O júri popular vai ocorrer na 8º Vara Criminal da Capital e será presidido pelo juiz John Silas da Silva, às 8 horas.

Alex Costa Farias de Melo é apontado pelo Ministério Público como um dos envolvidos no crime por estar na companhia do autor material, o policial civil, José Alfredo de Souza Ponte, o Alfredinho, que foi morto no ano seguinte.

Mais de dez anos após o crime, o acusado será julgado e sua defesa tentará provar que ele não estava no local do crime e que seu nome foi relacionado pelo fato de ser amigo de Alfredinho.

Além do policial civil, outras pessoas ligadas ao caso Beto Campanha foram assassinadas: Antônio de França, Amabílio Loureiro, este apontado à época por Alfredinho como autor dos disparos; Di Lampião e Dimas Barbosa.

No momento do crime, Beto estava em uma caminhonete, na companhia de José Cícero dos Santos Chagas. Os dois foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para a Unidade de Emergência, à época chamada Armando Lages. No entanto, Beto Campanha já estava inconsciente em razão dos tiros que atingiram sua cabeça e tórax.

Confira Arquivo do caso

Operação Manguaba prende envolvidos na morte de Beto Campanha

Testemunhas depõem no caso Beto Campanha

Beto Campanha: Justiça libera ‘impronunciados’

Operação Manguaba resulta na prisão de um policial e de filho de delegado

Assassinado ex-militar suspeito de matar vice-prefeito do Pilar

Comoção e revolta no enterro do vice-prefeito do Pilar

Morte de Alfredinho pode ser queima de arquivo

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações