Marchante se apresenta à polícia e confessa crime em União dos Palmares

Reprodução

Homicídio em União dos Palmares

O marchante Hítalo Roberto da Silva Galvão, de 26 anos, se apresentou voluntariamente na tarde desta quinta-feira, 14, na Delegacia Regional de União dos Palmares e confessou ter esfaqueado e matado José Carlos dos Santos, 38 anos, no dia 3 de março.

Na companhia de seu advogado, ele prestou depoimento ao delegado Valter do Nascimento Rocha, e disse que o crime foi motivado por um desentendimento com a vítima, que seria seu funcionário, por causa do posicionamento das bancas na feira livre que acontecia no bairro Roberto Correia de Araújo.

Foragido desde o dia do crime, Hítalo concorreu nas eleições de 2016, ao cargo de vereador pelo PSC (Partido Social Cristão). Ele teria utilizado um facão para golpear José Carlos, que foi atingido no braço direito, no joelho, no tórax e nas mãos.

O Corpo de Bombeiros (CB) foi acionado, mas ao chegar no local o homem já estava sem vida. Parte da ação foi filmada e amplamente divulgada nas redes sociais.

Segundo o delegado, o acusado poderá responder por homicídio qualificado. Após o depoimento, ele foi liberado e aguardará em liberdade.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações