MPE vai solicitar estudo psicossocial de estudantes envolvidos em ameças a escola de Alagoas

Reprodução Google

Centro Educacional Cristo Redentor

Após a denúncia de que dois estudantes haviam feito ameças de ataque contra a escola onde estudam, no município de Palmeira dos Índios, no Agreste alagoano, o Ministério Público Estadual (MPE-AL), por meio do promotor Drº. Sérgio Vieira Leite, vai solicitar estudo psicossocial dos envolvidos. A informação foi confirmada pela assessoria do órgão na tarde de hoje (19).

Em reunião realizada com a direção da escola particular Centro Educacional Cristo Redentor, o MPE foi informado que as fotos que estão circulando foram tiradas há alguns meses, mas só agora elas ganharam repercussão.

A direção da escola informou também que os dois adolescentes envolvidos no fato não têm comportamento agressivo dentro da unidade de ensino e nunca se envolveram em nenhuma situação de violência. Ainda assim a promotoria vai acompanhar o caso e solicitará que o CREAS, CRAS e conselho tutelar da cidade realizem o estudo sobre os jovens.

Mais cedo, o advogado da instituição educacional, Fabiano Passos, disse ao Alagoas24Horas que os demais estudantes ficaram amedrontados com a postagem após o massacre ocorrido em Suzano, no interior de São Paulo na última semana.

“Ainda não há certeza sobre a veracidade do ataque e nós estamos apenas realizando um trabalho preventivo. Acionamos o Ministério Público, a delegacia da cidade e os pais dos envolvidos para uma reunião e entender o que realmente aconteceu”, disse o advogado da escola.

A escola irá também informar ao MPE os nomes completos e endereços dos dois meninos e quando estes dados chegarem à promotoria, tanto os pais, quanto os adolescentes, serão intimados para prestar depoimento.

O delegado do município de Palmeira dos Índios, Alexandre Leite, instaurou um procedimento investigativo para apurar o fato.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações