Decreto oficializa estado de calamidade pública em três bairros de Maceió

O prefeito Rui Palmeira decretou, por meio de publicação na edição desta terça-feira (26) do Diário Oficial do Município (DOM), estado de calamidade pública nos bairros do Pinheiro, Bebedouro e Mutange. A situação dos bairros preocupa cada vez mais moradores e comerciantes que atuam na região. O coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Moisés Melo, chegou a afirmar, durante audiência pública convocada pelo senador Rodrigo Cunha (PSDB), que todo o bairro do Pinheiro está na área vermelha.

O decreto visa, sobretudo, minimizar a burocracia natural que o poder público tem que enfrentar em contratações de serviços e aquisição de bens. Entre as facilidades a partir da homologação da calamidade, estão as isenções fiscais e a liberação do FGTS para os necessitados, por parte do Estado e da União.

Confira:

A medida já estava prevista desde o último sábado, como publicado no Alagoas 24 Horas, quando o chefe do executivo municipal se reuniu com o secretário de Governo, Eduardo Canuto e o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto para discutir medidas para as áreas que enfrentam situação de risco. O decreto, segundo o Ministério Público de Alagoas (MP/AL), também deve facilitar eventuais ações urgentes no intuito de preservar vidas nos bairros que sofrem com rachaduras provocadas por instabilidades no solo.

Leia mais:

Prefeitura irá declarar calamidade publica no Pinheiro e mais dois bairros

“Todo Pinheiro está na área vermelha”, diz Defesa Civil; veja vídeo

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações