Influenza: Prefeitura planeja campanha de vacinação

Equipe – Gerência de Imunização.

A Prefeitura de Maceió, por meio da Gerência de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou, nos dias 27 e 29 de março, uma reunião preparatória para a Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza 2019. O evento foi realizado no auditório da Casa da Indústria, no bairro Farol.

A reunião, onde foram repassadas todas as informações relativas à campanha, contou com profissionais das 65 Unidades de Saúde que possuem sala de vacina em Maceió, do sistema prisional e do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), além de Home Care, maternidades credenciadas ao SUS, equipes volantes de vacinação e equipes móveis de vacinação da Gerência.

Para a campanha deste ano, o público-alvo preconizado pelo Ministério da Saúde será:

– Crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos 11 meses e 29 dias);

– Gestantes em qualquer idade gestacional;

– Puérperas (no período até 45 dias pós-parto) – devem apresentar documento que comprove a gestação (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto);

– Indivíduos com 60 anos ou mais – devem apresentar documento de identificação com foto;

– Trabalhador de saúde – todos os trabalhadores de saúde ativos dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade devem apresentar comprovação (crachá, contra-cheque atualizado ou declaração do estabelecimento de saúde);

– Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais – devem apresentar prescrição médica especificando a patologia e o motivo da indicação da vacina ou receita médica atualizada;

– Professores das escolas públicas e privadas que estão na ativa (em sala de aula) – Devem apresentar comprovação (contra-cheque atualizado, crachá ou declaração do estabelecimento de ensino);

– Povos indígenas;

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;

– População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

De acordo com a gerente de Imunização do Município, Eunice Amorim, como estratégia para a realização da campanha, a Gerência realizará vacinação nas salas de vacina das unidades de saúde e nos postos volantes de vacinação, como Maceió Shopping, Parque Shopping, Shopping Pátio, Walmart e Carajás Home Center, que funcionarão em horário estendido, proporcionando mais opções de pontos de vacinação para a população.

“Além disso, será realizada a vacinação em hospitais públicos e privados de Maceió, em escolas, creches, instituições de ensino superior públicas e privadas, e a vacinação de idosos acamados casa a casa, além da população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional”, afirma a gerente.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

Confira quais são as categorias de risco clínico para a vacina contra a Influenza:

Categoria de risco clínico

Indicações

Doença respiratória crônica

*Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave);

*DPOC;

*Bronquiectasia;

*Fibrose Cística;

*Doenças Intersticiais do pulmão;

*Displasia broncopulmonar;

*Hipertensão arterial Pulmonar;

*Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca crônica

*Doença cardíaca congênita;

*Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;

*Doença cardíaca isquêmica;

*Insuficiência cardíaca.

Doença renal crônica

*Doença renal nos estágios 3,4 e 5;

*Síndrome nefrótica;

*Paciente em diálise.

Doença hepática crônica

*Atresia biliar;

*Hepatites crônicas;

*Cirrose.

Doença neurológica crônica

*Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;

*Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo:

AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares;

*Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;

*Deficiência neurológica grave.

Diabetes

*Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.

Imunossupressão

*Imunodeficiência congênita ou adquirida;

*Imunossupressão por doenças ou medicamentos.

Obesos

*Obesidade grau III.

Transplantados

*Órgãos sólidos;

*Medula óssea.

Portadores de trissomias

Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Sídrome de Wakany, dentre outras trissomias.

Fonte: Ascom SMS

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações