Justiça condena quatro acusados por lesão corporal com espancamento e tiros

Foto: Cortesia

O juiz John Silas da Silva, da 8ª Vara Criminal de Maceió, condenou, nessa terça-feira (09), quatro acusados pelo crime de lesão corporal grave contra Samuel Pedro de Souza, em junho de 94.

Os réus foram denunciados por tentativa de homicídio e levados a júri, no entanto, os jurados acataram a tese da defesa, e o juiz desclassificou o crime de tentativa de homicídio para lesão corporal. Na sentença, John Silas afirmou que não existem dúvidas quanto à autoria do fato atribuída aos acusados.

O crime aconteceu após uma discussão entre a vítima e os réus, que espancaram Samuel e deram um tiro em cada joelho dele. A briga teve início em um palhoção armado no bairro do Trapiche, quando um dos acusados foi buscar satisfações com Samuel por acreditar que ele havia mandado alguém para passar a mão em sua namorada.

José Agrimeron dos Santos Barbosa, José Sebastião Filho e Valter Jorge de Lima foram condenados a 3 anos de reclusão, inicialmente em regime aberto. Já Cícero Sebastião da Silva teve a pena definida em 2 anos e 6 meses de reclusão, também em regime aberto.

O réu Antônio Marcos Ferreira, também acusado no caso, teve extinta a punibilidade devido à prescrição, porque se passaram mais de 20 anos desde o recebimento da denúncia.

Matéria referente ao processo nº 0006582-95.1994.8.02.0001

Fonte: TJ/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações