Ajax sufoca Juventus, vence de virada na Itália e chega às semifinais

A Juventus é a grande decepção das quartas de final da Liga dos Campeões, enquanto o Ajax é a grande surpresa. Nesta terça-feira, depois de empate por 1 a 1 na Holanda, as equipe se encontraram em Turim para o jogo de volta e o jovem time holandês levou a melhor, colocando os donos da casa na roda, e venceu por 2 a 1.

No primeiro tempo, Cristiano Ronaldo abriu o placar para a Itália em jogada de escanteio. Pouco depois, Van de Beek empatou. Já no segundo tempo, De Ligt virou a partida também em escanteio.

Com o resultado, o Ajax chega às semifinais da Liga dos Campeões pela primeira vez desde 1997 e espera o resultado do jogo entre Manchester City e Tottenham desta quarta-feira para conhecer seu adversário. Enquanto isso, a Juventus foca, novamente, em conquistar o Campeonato Italiano.

Um gol para cada lado no primeiro tempo
Logo aos quatro minutos de jogo, o Ajax quase se complicou com Onana. O goleiro demorou para sair jogando com os pés e, quando resolveu chutar a bola para longe, acertou Can, que o pressionava. Para a sorte do time holandês, a bola saiu em tiro de meta.

A missão do Ajax ficou mais complicada quando, aos dez minutos, a equipe queimou sua primeira substituição. O lateral esquerdo Mazraoui, que substituía o suspenso Tagliafico, sentiu lesão e obrigou Erik ten Hag a colocar Sinkgraven em seu lugar.

Mesmo jogando em casa, a Juventus não conseguia dominar a partida e levou um susto aos 19 minutos. Após bate-rebate dentro da área, Van de Beek finalizou da entrada da pequena área sem equilíbrio e mandou por cima. A resposta veio no ataque seguinte, quando Dybala finalizou de fora da área e exigiu boa defesa do goleiro Onana.

As primeiras chances aqueceram o jogo, que teve seu primeiro gol aos 28 minutos com Cristiano Ronaldo. Após cobrança de escanteio de Pjanic, o craque português aproveitou trapalhada da defesa — Blind acabou empurrando e derrubando Veltman na área — e apareceu livre para cabecear com firmeza, deixando o goleiro sem reação.

Porém o Ajax ficou apenas seis minutos em desvantagem. Após chute de fora da área de Ziyech, a bola sobrou para Van de Beek na área e o atacante, com categoria, finalizou tirando de Szczesny para empatar a partida. Os defensores desistiram da jogada reclamando de impedimento, mas Bernardeschi, isolado na lateral direita, dava condição ao atacante.

Ajax joga com intensidade, vira e vence
Tentando mudar a história do jogo, Massimiliano Allegri realizou sua primeira substituição, colocando o jovem atacante Kean no lugar de Dybala. No entanto, foi o Ajax que voltou a campo melhor e teve grandes chances de virar o placar.

Aos sete minutos, quando Ziyech invadiu a área e finalizou, mas Szczesny fez defesa difícil e evitou o segundo gol dos visitantes. Cinco minutos depois, o goleiro polonês realizou nova defesa difícil em finalização de longe de Van de Beek.

Mesmo jogando em casa, a Juventus não conseguiu se impor no segundo tempo e pagou o preço. Aos 22 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro De Ligt subiu mais que a defesa e cabeceou com firmeza para virar a partida.

Mesmo com a vantagem e podendo empatar por 2 a 2, o Ajax seguiu atacando e não deixava a Velha Senhora respirar. O time holandês balançou a rede novamente aos 34 minutos, quando Ziyech acertou um chute de rara felicidade no ângulo de Szczesny. No entanto, o VAR anulou o gol acusando impedimento do meio.

Sem opções defensivas no banco, já que Douglas Costa, lesionado, não foi para a reserva, Allegri tentou reforçar o meio-campo, colocando Bentancur no lugar de Bernardeschi. Porém a alteração novamente não deu certo. Pressionada pelos contra-ataques rápidos do Ajax, a Juventus não evitou a derrota, acompanhada da eliminação, em casa.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUS 1 x 2 AJAX

Local: Juventus Stadium, em Turim (ITA)
Data: 16 de abril de 2019 (terça-feira)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Clément Turpin (FRA)
Assistentes: Nicolas Danos (FRA) e Cyril Gringore (FRA)
VAR: François Letexier (FRA)
Cartões amarelos: Can e Cristiano Ronaldo (Juventus)
Cartões vermelhos: —
GOLS:
JUVENTUS: Cristiano Ronaldo, aos 28 minutos do primeiro tempo
AJAX: Van de Beek, aos 34 minutos do primeiro tempo, e De Ligt, aos 22 minutos do segundo tempo

JUVENTUS: Szczesny; De Sciglio (Cancelo), Bonucci, Rugani e Alex Sandro; Pjanic, Can e Matuidi; Dybala (Kean), Bernardeschi (Bentancur) e Cristiano Ronaldo
Técnico: Massimiliano Allegri

AJAX: Onana; Veltman, De Ligt, Blind e Mazraoui (Sinkgraven) (Magallán); Schone, De Jong e Van de Beek; Ziyech (Huntelaar), David Neres e Tadic
Técnico: Erik ten Hag

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações