Ex-presidente do Peru, Alan García, tenta suicídio ao ser detido por caso Odebrecht

Reuters

Alan García, antes de ser preso, teria atirado contra a própria cabeça

O ex-presidente de Peru Alan García deu entrada em um hospital após supostamente ter disparado contra si mesmo quando seria detido pela em sua residência, no enquadramento das investigações pela suposta trama de subornos da construtora Odebrecht, informa a repórter do EL PAÍS no Peru, Jacqueline Fowks.

Agentes da Divisão de Investigação de Delitos de Alta Complexidade foram nesta quarta-feira à casa do ex-mandatario no bairro de Miraflores para cumprir a ordem de detenção que pesava sobre ele. As fontes citadas por RPP indicaram que os agentes o encontraram já ferido.

O advogado Genaro Vélez confirmou ao diário peruano O Comércio que o ex-presidente deu entrada, embora não tenha mais detalhes a respeito. Segundo a rede América Televisão, Garcia está em estado crítico.

García estava sob investigação por supostos subornos na construção de um trem para Lima, projeto no qual estava envolvida a construtora brasileira Odebrecht. A Policial também deteve nesta quarta-feira Luis Nava, ex-secretário-geral de Presidência, e Miguel Atala, ex-vicepresidente.

Fonte: El País

Veja Mais

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações