Conseg se reúne com representantes da PM para discutir ação abusiva de militares no clássico

O subprocurador-geral administrativo institucional do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), Márcio Roberto, é por 30 dias o presidente em exercício do Conselho Estadual de Segurança (Conseg). Nesse ínterim, entre as pautas agendadas está uma reunião com o comandante de Policiamento da Capital (CPC), e com o corregedor-geral da corporação para tratar da prática abusiva da ação policial, denunciada por torcedores, fato ocorrido no último domingo (21), na data do clássico CSA e CRB pela final do Campeonato Alagoano de Futebol.

“As denúncias foram feitas e convoquei o coronel Neyvaldo Amorim, comandante de Policiamento da Capital, bem como o corregedor-geral da PM, tenente-coronel Jeferson, para uma reunião no Pleno do Conseg onde, entre outros assuntos, trataremos do elevado índice de violência empregada pela PM nas operações cotidianas”, esclarece o presidente em exercício.

Márcio Roberto ressalta a importância de os fatos serem averiguados com rigor, para que não restem quaisquer dúvidas e respostas sejam dadas à sociedade.

“O Conseg espera a manifestação da Corregedoria, acreditando que as providências cabíveis serão adotadas com rigor, dentro de todo tramite legal e incumbência da unidade militar. E é justamente isso que queremos saber, se já há investigações, o que já foi detectado, e o que já pode ser esclarecido. Caso as informações não satisfaçam, o Conseg assumirá as iniciativas”, conclui.

Fonte: Ascom / MPE-AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações