Jurados absolvem acusado de matar homem por vingança após jogo de baralho

Júri da 9ª Vara Criminal de Maceió reconheceu que o réu foi autor do crime, mas o absolveu por clemência

O réu Matheus Henrique Soares Correia, acusado de matar Edilson Ângelo Jorge da Silva por vingança em outubro de 2016, foi absolvido em júri popular nessa quinta-feira (26). O juiz da 9ª Vara Criminal de Maceió, Geraldo Cavalcante Amorim, conduziu a sessão na unidade.

Os jurados reconheceram que Matheus Henrique foi o autor do crime, mas decidiram absolvê-lo por clemência. Durante o processo, o réu negou a participação na morte de Edilson, alegou que não o conhecia e que ficou sabendo por WhatsApp.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Matheus Henrique e Edilson Ângelo tiveram um desentendimento quinze dias antes do crime, após um jogo de baralho, onde a vítima teria desferido um tapa na cara do réu.

No dia do ocorrido, Edilson estava sozinho numa praça no bairro Antares, quando uma pessoa em uma moto se aproximou e efetuou diversos disparos de surpresa contra ele, levando-o a óbito no local.

Matéria referente ao processo nº 0729801-27.2016.8.02.0001

Fonte: TJAL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações