Presidente do Palmeiras não dá previsão para acordo com a Globo

Guilherme Rodrigues / Futura Press

Dos quatro jogos disputados pelo Palmeiras no Campeonato Brasileiro, dois não foram exibidos pela televisão. Ainda em negociação com a TV Globo pelos direitos de transmissão, Maurício Galiotte, presidente do clube alviverde, lamentou a situação, mas reafirmou sua posição.

“Estamos tratando o assunto de maneira muito técnica e temos argumentos consistentes. Sabemos o valor da nossa marca, o retorno que o Palmeiras traz, o nível de audiência, a importância do clube para o futebol brasileiro e para as empresas de comunicação como um todo”, disse Galiotte, na sede Conmebol, ao Fox Sports.

No último domingo, Dia das Mães, o presidente não viajou a Belo Horizonte para acompanhar o confronto com o Atlético-MG, disputado no Estádio do Mineirão. Maurício Galiotte, portanto, foi mais um torcedor palmeirense a apenas ouvir a narração do jogo.

“Eu lamento e, obviamente, esse é um momento difícil para o torcedor. É importante o palmeirense e os parceiros todos do clube saberem que estamos trabalhando esse tema com muita seriedade. Não é uma situação simples, é uma situação que tem impacto futuro tanto para a Globo como para o Palmeiras”, declarou o dirigente.

O Palmeiras acertou os direitos de transmissão em televisão fechada com a Turner, detentora do Esporte Interativo e da TNT. O clube presidido por Maurício Galiotte segue em negociação com a Globo para os segmentos de televisão aberta e pay-per-view.

“A negociação é longa e difícil. Sabemos que esse assunto precisa ser tratado com muita responsabilidade e é isso que estamos fazendo. Teremos sempre o Palmeiras em primeiro lugar. As negociações estão em andamento, mas, até o momento, não chegamos a nenhum acordo”, reiterou Galiotte.

Fonte: Terra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações