Criminosos mortos em assalto a supermercado são suspeitos de roubos em joalherias

 

Os três criminosos mortos durante tentativa de roubo a malotes de abastecimentos de caixas eletrônicos, ocorrido na sexta-feira (10), dentro de um supermercado, em Cuiabá, eram investigados pela polícia, por assaltos em joalherias da capital.

Luciaquino Quirino Serra de Paula, de 37 anos, Fábio Aparecido da Costa, de 26 anos, e Dauan Félix da Silva estavam sendo monitorados sob suspeita de outros crimes. Inclusive, a polícia já tinha recebido a informação de um possível assalto ao carro-forte.

Os dois suspeitos mortos do lado de fora do supermercado tentaram roubar um carro e fugir. Eles estavam armados com uma submetralhadora e pistolas, com brasões das polícias Militar e Civil. As armas foram apreendidas. Uma das pistolas havia sido roubada de um policial militar.

A polícia suspeita que, pelo menos, outros dois criminosos teriam participado do crime. Eles teriam fugido pelos fundos do estabelecimento, aproveitando-se que muitos clientes e funcionários também tentaram correr para a parte de trás do supermercado.

O Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPaer) foi acionado e realizou patrulhamento na região, mas, até o momento, nenhum suspeito foi localizado.

Vídeos do circuito de segurança do supermercado mostram o momento em que um dos suspeitos ataca um segurança e é morto por outro e também o momento em que eles tentam fugir do local.

A rede de supermercados confirmou a tentativa de assalto a um carro forte que abastecia os caixas eletrônicos da unidade e informou que não houve feridos entre os clientes e colaboradores. Entretanto, todos receberam apoio necessário. A direção acompanha as investigações junto à polícia.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações