Mães peregrinam em busca de filhos desaparecidos há mais de 10 dias

Divulgação

Werik está passando férias em Cajueiro com a família

Duas mães desesperadas procuraram a Central de Flagrantes nesta quinta-feira, 16, para prestar queixa sobre o desaparecimentos dos adolescentes José Felipe dos Santos Silva, 16 anos, e Werik Alves Queiroz, 17 anos, que não dão notícia desde o dia 6 deste mês, quando vieram para Maceió para tomar banho de mar.

Os jovens saíram de Cajueiro, cidade localizada na região da Zona da Mata de Alagoas, para ir à praia e depois foram até a casa da avó de José Felipe, no bairro Cruzeiro do Sul, em Rio Largo. Desde então não foram mais vistos.

Werik é alagoano, mas atualmente está morando em Campinas, no interior de São Paulo. Ele veio passar férias na casa dos familiares em Cajueiro e aceitou o convite do amigo para vir a Maceió. Desde cedo as mães estão percorrendo verdadeira via crucis na tentativa de descobrir o que aconteceu com os garotos.  Elas já estiveram no Instituto de Medicina Legal (IML), em algumas delegacias e até no sistema prisional temente que pudessem ter sido presos, por algum motivo.

Divulgação

José Felipe dos Santos Silva

Quando questionadas sobre o envolvimento dos rapazes em crimes, elas negaram. A mãe de José Felipe, Maria Quitéria, garante que ele nunca foi preso e que não costuma se envolver em confusão. No entanto, ela admite que o filho é usuário de drogas, mas mantém seu vício com o dinheiro do seu trabalho, como servente de pedreiro. A mulher ainda confessou, angustiada, que muitas vezes pagou a droga para não ver o filho devendo a traficantes.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos adolescentes pode ligar para telefone: 9 96583784 ou 181.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações