Operação conjunta apreende 300kg de maconha transportadas como sementes

A Receita Federal do Brasil, em conjunto com a Divisão Especial de Investigação e Capturas – DEIC da Polícia Civil do Estado de Alagoas, deflagraram nesta quarta-feira (15) a operação “Cêmente”, que resultou na apreensão de aproximadamente 300kg de maconha em tabletes, avaliada em R$ 290 mil. A droga estava escondida em cilindros devidamente lacrados. O veículo com placa de Alagoas, pertencente a uma transportadora situada na capital, vinha de Toledo (PR) e transportava a droga com destino à cidade de Arapiraca. A operação só encerrou na tarde desta quinta-feira (16) com a prisão dos destinatários da droga.

O transporte da droga se deu a partir de uma nota fiscal de uma empresa idônea, que previa o transporte de sementes de capim para gado. A carga foi interceptada no momento de sua chegada na transportadora, quando foi feita a constatação e a apreensão da droga. Posteriormente, o veículo foi acompanhado até o seu destino final para que fosse realizado o flagrante da entrega da droga na cidade de Arapiraca, onde ocorreu a prisão de seus receptadores.

Foram presos em flagrante Alan Felix Ferreira da Silva, 31 anos, e Islanne Layne dos Santos Pina, 30 anos. A polícia civil investiga a participação do reeducando Marcelo Juliano Rocha, 42 anos, paranaense de Foz do Iguaçu, como líder do grupo. Marcelo atualmente está cumprindo pena pelo crime de tráfico.

Os receptadores da droga foram presos em flagrante e encaminhados a DEIC da Polícia Civil onde foram autuados por tráfico e associação para o tráfico. O flagrante é fruto de operação de inteligência da Receita Federal e da Deic e de contínuo monitoramento e fiscalização de cargas rodoviárias.

O nome da operação faz alusão à carga declarada como sementes e também à falsa declaração de conteúdo.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações