Seris realiza campanha para doação de sangue

O sangue é insubstituível e como forma de ajudar a manter o estoque do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) abastecido, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) realiza, nesta terça-feira (21), a campanha para doação de sangue. A ação foi desenvolvida pela Central de Penas e Medidas Alternativas (Ceapa) como parte do projeto Trânsito Seguro, em alusão ao maio amarelo.

A psicóloga da Ceapa, Emmanuelle de Melo, explica que, como grande parte dos cumpridores são oriundos de infrações de trânsito, a campanha para doação de sangue visa ser uma atividade educativa. “A gente trabalha com um público onde a maioria dos beneficiários responde por infrações no trânsito e sabemos que em acidentes, muitas vezes as vítimas precisam de doação. Assim, pensamos em trabalhar com os cumpridores e servidores questões como a solidariedade e conscientização da importância da doação”, disse.

Fabiana Manuela Colombo, trabalha como oficial de apoio técnico da Ceapa e se voluntariou para a doação. Para a servidora, doar sangue é uma atitude de ajudar ao próximo. “Nunca precisei fazer transfusão, mas sou doadora por saber a importância do ato”, contou.

Para Graça Padilha, coordenadora de captação de doadores de sangue e medula óssea do Hemoal, esse tipo de atitude beneficia toda a população. “Essa parceria é importante para que possamos manter os estoques suficientes e atender toda demanda transfusional. Então, essas parcerias são sempre bem vindas para que possamos socializar a importância desse ato tão nobre que é a doação de sangue”, destacou a coordenadora, ressaltando que o hemocentro sempre precisa de doação, pois atende a toda hemorrede estadual.

 

Tipos sanguíneos

Existem quatro tipos de sangue: A, B, AB e O. Além disso, possuímos o fator Rh, que determina se o tipo de sangue é positivo ou negativo. É esse fator que influencia a compatibilidade sanguínea. Ou seja, pessoas com sangue positivo podem receber de pessoas com qualquer Rh, mas só podem ser doadoras para outras pessoas com sangue positivo. Já se o sangue tiver o Rh negativo, pode doar para pessoas com sangue positivo ou negativo, podendo receber apenas sangue de Rh negativo.

 

Requisitos para doação

Para ser doador de sangue é preciso preencher alguns requisitos, como: ter idade entre 16 e 69 anos, pesar, no mínimo, 50 quilos e portar um documento de identificação com foto. Além disso, os voluntários não podem ter contraído doença de Chagas, hepatite, sífilis e Aids após os 11 anos de idade.

Cumprindo esses requisitos, ao doar sangue, é preciso estar bem alimentado e tido uma boa noite de sono. A doação pode ser repetida em dois meses para os homens e três para as mulheres.

 

Cuidados pós-doação de sangue

Uma pessoa adulta tem, em média, cinco litros de sangue. Em cada doação, o máximo retirado é de 450 ml.  Apesar disso, é necessário ter alguns cuidados após a doação: Evite esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas; Aumente a ingestão de líquidos; Não fume por cerca de 2 horas; Evite bebidas alcoólicas por 12 horas; Mantenha o curativo no local da punção por, pelo menos, quatro horas; Não dirija veículos de grande porte, não trabalhe em andaimes e não pratique paraquedismo ou mergulho; Faça um pequeno lanche e hidrate-se. É importante que o doador continue se sentindo bem durante o dia em que efetuou a doação.

Fonte: Ascom/Seris

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações