Após especulação de atentado, IFAL decide não formalizar queixa

 

Reprodução

Ameaça foi feita por meio de uma rede social

Após a descoberta de um suposto plano para assassinar estudantes e servidores do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Satuba, a Instituição de ensino emitiu nota de esclarecimento na tarde desta quinta-feira, 23, e informou que não chegou a formalizar denúncia sobre o episódio.

O Ifal confirmou que a Polícia Militar esteve no campus, mas a gestão decidiu não realizar queixa por ainda estar levantando informações sobre o caso.

De acordo com o Instituto, ainda não há conclusão sobre a autoria dos desenhos e frases postados em redes sociais. Contudo, a instituição de ensino esteve com familiares do estudante apontado como autor e realizou o encaminhamento do adolescente ao atendimento de saúde especializado.

A Direção do campus Satuba esclarece que as aulas não foram suspensas e as atividades estão mantidas nesta sexta-feira, 24.

Nesta manhã, o Conselho Tutelar do município foi acionado após receber uma denúncia de que um estudante do Ifal estaria se preparando para realizar um atentado no campus Satuba. A notícia assustou alunos e servidores da instituição de ensino.

A mensagem publicada em um perfil nas redes sociais anunciava que aqueles que tivessem lendo o post estavam em  uma lista  e seriam caçados. Também foi publicado um desenho representando supostas pessoas caídas e ensanguentadas.

Armas

Google

As armas não possuem relação com o suposto plano para assassinar alunos e servidores do IFAL

O Ifal informou ainda que as imagens de quatro armas de fogo que estão circulando em grupos de WhatsApp não tem relação com o episódio. O Instituto explica que as armas não pertencem ao aluno e as imagens podem ser encontrada facilmente em pesquisas do Google.

FAKE NEWS: Essa imagem de quatro armas de fogo que tem circulado no Whatsapp não tem nenhuma relação com o episódio de especulação de atentado no Ifal – Campus Satuba, ocorrido nesta quinta-feira (23/05/2019). Essas armas não pertencem ao aluno ao qual se imputam as publicações. A imagem foi publicada pelo perfil @gunsdailyusa, no Instagram, e pode ser encontrada facilmente no Google Imagens.

Confira nota na íntegra: 

Sobre o episódio especulativo de atentado no Instituto Federal de Alagoas (Ifal) – Campus Satuba, a Direção Geral vem a público informar:

1 – Não existiu qualquer atentado ou agressão física envolvendo estudantes ou servidores;

2 – A Polícia Militar esteve no campus, mas não foi formalizada nenhuma denúncia pela gestão, que ainda efetuava os levantamentos internos para a elucidação da situação;

3 – Não houve nenhuma conclusão sobre a autoria dos desenhos e frases postados, nem de que havia intencionalidade em materializá-los;

4 – Apesar da negativa do estudante a quem se imputa a autoria das ameaças, a instituição esteve com a família e realizou o encaminhamento ao serviço público de saúde, que irá solicitar atendimento especializado;

5 – No campus, os setores responsáveis estão redigindo um relatório a respeito do que se apurou sobre o caso para encaminhar ao Conselho Tutelar;

6 – A instituição está atuando com o apoio da equipe multidisciplinar para esclarecer os fatos e minimizar possíveis desgastes psicológicos entre estudantes e servidores;

A Direção Geral informa ainda que as aulas não foram suspensas, e todas as atividades acadêmicas e administrativas permanecem em funcionamento. Caso surjam novas e relevantes informações, o Campus Satuba expedirá outros comunicados.

Reprodução

Mensagem com ameaça, em um perfil falso

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações