Funcionário é demitido após ‘receitar’ cachaça a paciente em unidade de saúde

 

Uma ‘piada’ entre conhecidos repercutiu mal e terminou com o afastamento de um funcionário da Unidade de Básica de Saúde Mariano Teixeira, na cidade de Matriz do Camaragibe, na região norte do Estado. Um vídeo que circula nas redes sociais desde o final de semana traz o falso médico realizando a ‘consulta’ a um paciente e, ao final, prescrevendo uma garrafa de aguardente.

A brincadeira teria ocorrido na última sexta (31), dentro das dependências da UBS do Conjunto Bom Jesus e provocou revolta entre usuários da unidade de saúde, sobretudo porque no dia da brincadeira não havia médico na unidade.

A Prefeitura de Matriz do Camaragibe emitiu nota oficial informando que notificou a Secretaria de Saúde do município, que identificou o servidor e o desligou do quadro. Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Matriz de Camaragibe após tomar conhecimento do acontecimento, notificou a Secretaria de Saúde do Município que averiguou o caso e identificou o funcionário envolvido com o vídeo que causou o tumulto dos últimos dias. Informamos que apenas um cidadão que fez parte do vídeo pertence ao quadro do funcionalismo municipal.

A Secretaria Municipal de Saúde não admite quaisquer atos de funcionários municipais, dentro do seu respectivo setor de trabalho, que atente contra o respeito, integridade e responsabilidade à que tratamos todos os nossos munícipes. Diante do acontecido infeliz, de imediato, a Secretaria de Saúde do Município desligou o funcionário do exercício de suas funções. Serão tomadas todas as medidas cabíveis e legais para que o funcionário responda por sua ação.

Sobre a ausência médica na unidade básica de saúde, informamos que a profissional responsável pela unidade de saúde esclareceu que teve problemas de cunho pessoal e por esse motivo não pôde comparecer ao serviço. Uma falta justificada. No entanto, a equipe de trabalho informou aos usuários o dia em que a médica não poderia se fazer presente. Compreendemos o anseio da comunidade e já normalizamos a situação.”

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações