Deic prende acusados de torturar jovem a mando de reeducando; ação foi filmada

Reprodução

Jovem foi torturada a mando do companheiro

Uma ação policial desencadeada na manhã desta terça (11), que contou com 25 agentes das forças de segurança, resultou na prisão de dois acusados de torturar e transmitir toda ação criminosa a mando de um reeducando. Os presos seriam comparsas do reeducando e estavam em liberdade condicional.

A operação foi coordenada pelos delegados Fábio Costa e Thiago Prado e resultou na prisão Expedito Correia de Araújo, conhecido como Sula, 38 anos, e Frankle Jossimo Lopes de Lima, vulgo Geraldinho, 27 anos, ambos denunciados por tráfico de drogas.

Dois vídeos foram divulgados nas redes sociais e não serão divulgados pelo Alagoas 24 horas em respeito ao nosso leitor. No primeiro deles, a vítima – uma jovem de 21 anos – tenta se justificar ao telefone a uma pessoa enquanto seu cabelo é cortado com tesoura e depois com barbeador. A jovem tenta a todo custo convencer o interlocutor não ter cometido nenhum erro. Segundo a polícia, a pessoa do outro da linha é Renato da Silva Lima, companheiro da vítima, que seria integrante de facção criminosa e cumpre pena no sistema prisional.

No segundo vídeo, ambos gravados em 3 de junho, a mulher é espancada nas mãos, pés e em outras partes do corpo. A tortura teria sido motivada por ciúmes da jovem, que teria trocado mensagens com outro elemento.

As prisões ocorreram na manhã de hoje no bairro do Bom Parto e os suspeitos deverão ser recambiados para o sistema prisional. A investigação segue para capturar outros elementos já identificados de estarem envolvidos nessa organização criminosa. A polícia pede que a população denuncie através do Disque Denúncia – 181.

Veja Mais

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações