Homem é preso após matar mulher com barra de ferro e esconder corpo em casa

Ítalo Timóteo

Agentes da Delegacia de Delmiro Gouveia prenderam na noite desta quinta (13) José Messias Gomes de Oliveira, conhecido como Chocolate, acusado de matar a companheira com uma barra de ferro Ana Jaqueline dos Santos, de 38 anos, conhecida como Kelly. Após o crime, o assassino ainda teria escondido o corpo da vítima na residência.

Segundo informações repassadas pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcante, a vítima teria ido à residência do assassino por volta das 2h30 desta quinta (13) e, lá, teria iniciado uma discussão. Confrontado, José Messias teria usado uma barra de ferro para bater na cabeça da vítima até a morte.

Após o crime, Chocolate enrolou o corpo de Kelly numa lona e depois em um lençol com o objetivo de posteriormente desovar o cadáver. O assassino, no entanto, não contava com a denúncia de vizinhos, que acionaram a polícia após ouvir a briga entre ambos.

Ao chegar à residência do assassino, os policiais encontraram o corpo e deram voz de prisão em flagrante. À polícia, José Messias, teria afirmado que matou Kelly porque ela era ‘encrenqueira’.

A polícia constatou, ainda, que José Messias, já respondia por homicídio contra o próprio cunhado, crime ocorrido há cerca de 20 anos. O acusado foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e ficará à disposição de Justiça.

Veja Mais

1 comentário

  • Jorge says:

    Faltou só o jornalista explicar um pouco sobre a nossa ineficiente justiça. O cara já responde por outro homicídio, agora mais na conta. Se julgado e condenado é bem capaz que daqui a no mínimo 8 anos, caso não fuja, esteja liberado pela nossa justiça. Pois segundo a mesma todos condenados merecem uma segunda chance, inclusive quem pratica crimes hediondos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações