Grupos de risco: Saúde recebe medicamento que previne HIV

Grupos de risco: Saúde recebe medicamento que previne HIV

Com o objetivo de disponibilizar mais um dispositivo de prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis aos grupos de risco, a Secretaria Municipal de Saúde começou a fornecer a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) ao HIV no Bloco I do PAM Salgadinho, localizado no Poço.

A PrEP visa prevenir a infecção pelo HIV, caso ocorra exposição ao vírus, consistindo no uso diário de uma pílula que contém dois medicamentos, o tenofovir e a entricitabina, que bloqueiam a infecção pelo HIV. Por este motivo, a PrEP é prescrita às pessoas que tenham maior chance de entrar em contato com o HIV, por não usar preservativos nas relações sexuais.

De acordo com Géssyka Mello, coordenadora do Bloco I do PAM Salgadinho, a profilaxia pré-exposição é destinada para segmentos prioritários, determinados pelo Ministério da Saúde. “A PrEP é voltada para pessoas que estão mais propensas até pelo histórico estatístico do país, como gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH), pessoas trans, trabalhadores(as) do sexo e parcerias sorodiferentes – quando uma pessoa está infectada pelo HIV e a outra não, mas nem todos os integrantes desses grupos estão aptos para tomar a medicação”, conta.

Fluxo da medicação

Para ter acesso à PrEP o paciente não precisa de encaminhamento, mas é necessário passar por um fluxo para saber se ele se encaixa nos grupos atendidos.

“A pessoa teve conhecimento da PrEP, se interessou e quer de livre e espontânea vontade iniciar a utilização do medicamento, vem aqui no nosso Centro de Testagem e Aconselhamento, no Bloco I, do PAM Salgadinho. A partir daí, vai passar por um profissional, que chamamos de aconselhador, para que eles conversem. Faz a triagem e sabe se é uma pessoa que está nos critérios”, explica a coordenadora, lembrando que o usuário realiza também o teste rápido, para saber se esse paciente é HIV positivo ou não.

“Caso passe pelo aconselhador e ele mantenha a decisão pela PrEP, ele vai ser marcado para um infectologista, que vai passar alguns exames primordiais para iniciar a PrEP. Apresentando um resultado que mostre que está tudo bem, vai ser prescrita a profilaxia”, pontua Géssyka.

No início do tratamento, o paciente volta com um mês à unidade para avaliar adesão e efeito adverso. Neste momento, ele passa pelo médico e também pelo aconselhador e realiza novamente o teste rápido. “Estando tudo bem, ele volta a cada três meses para consulta e prescrição do medicamento. A decisão de parar é do indivíduo ou se o profissional perceber que ele não está aderindo”, completa Géssyka.

Para ter acesso ao fluxo que leva à prescrição do medicamento ou ter mais informações, basta o usuário, integrante dos grupos prioritários, comparecer ao Bloco I, do PAM Salgadinho, no turno da manhã ou da tarde.

Fonte: Secom/Maceió

Veja Mais

2 Comentários

  • Claudio says:

    Graças. Até que bem fim foi liberado e está no bloco. No Brasil só faltavam Alagoas. Sergipe e Piauí . Eh em se cima importância inclusive para casais sorodiferentes onde um dos é positivo e o outro não. No país a demanda aumentou em 38% pela busca da prep. Cientificamente o mundo inteiro aprova esta forma de prevenção combinada . Nao se pide no entanto de esquecer que o preservativo tbem é importante devido às infeções sexualmente transmissíveis, com sífilis, super gonorreia e outras. Para as pessoas que vivem com hiv, está nova tecnologia de prevenção chega um tanto atrasado, mas chegou e é de direito do cidadão solicitar junto ao CTA do Pam Salgadinho , as devidas informações com o médico infectologista que está com está estratégia e fazer uso dela para não contrair o vírus hiv . A REDE DE PESSOAS VIVENDO COM HIV E AIDS DE ALAGOAS PARABENIZA O MUNICÍPIO DE MACEIO POR ESTA INICIATIVA ACORDADA PELO MINISTÉRIO DA SAUDE, DEPARTAMENTO DE INFEÇÕES E AGRAVOS CRÔNICOS. TODO CIDADÃO TEM DIREITO A NAO CONTRAIR O VÍRUS HIV. EH SABER DAS PREVENÇÃO COMBINADA E SEGUIR A VUDA

  • Joilso Brandão ribeiro says:

    Trabalho na área da saúde, é gostaria que vcs me fornecesse esse medicamento, pois fui contaminado acidentalmente por perfurou cortante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações